City Hunter

Olá, pessoal!( ̄∀ ̄)Hoje irei indicar o primeiro dorama que vi, que me inseriu neste mundo. 

Informações:
Título:               City Hunter/ 시티헌터
Gênero:             Ação, Romance, Drama
Ano:                  2010
Episódios:         20
Elenco:             Lee Min Ho, Park Min Young, Lee Joon Hyuk, Hwang Sun Hee, Goo Ha Ra
País:                  Coreia do Sul
Emissora:          SBS
Sinopse: Esse intenso e e belo thriller romântico, baseado no mangá de mesmo nome de Tsukasa Hojo, é um belo exemplo de um drama sobre vingança bem feito. Em 1983, 21 oficiais militares sul coreanos são enviados para a Coreia do Norte em uma missão secreta. Depois de completarem sua missão, eles são executados por seu próprio governo como uma forma de encobrir tudo. O único sobrevivente, Lee Jin Pyo, observa enquanto seu melhor amigo morre ao seu lado. Roubando o filho de seu amigo, Jin Pyo o cria como se fosse seu filho e o treina com um único objetivo: vingar-se dos homens responsáveis por esse massacre. Cerca de vinte anos depois, um jovem brilhante junta-se à equipe de comunicação internacional da Casa Azul (Casa Branca da Coreia). Lee Yoon Sung tem apenas um objetivo em mente: encontrar e eliminar os cinco homens responsáveis pelo assassinato do seu pai. Para isso, ele tem que esconder suas habilidades de combate e sua identidade para se infiltrar no governo. Durante sua busca por vingança, no entanto, ele também torna-se um justiceiro e recebe o apelido de “City Hunter” pela população, que conhece apenas uma figura obscura que expõe as injustiças na cidade. Dividido entre seu desejo de vingança e a garota inocente que ele ama, Yoon Sung deve lutar para sobreviver e escolher qual caminho ele vai tomar.

Vinte anos atrás, houve uma grande e secreta missão na Coreia do Norte. Após a missão, os militares são executados em uma operação chamada "operação varredura", com a finalidade de "apagar arquivos". Um dos militares sobrevive, no entanto, Lee Jin Pyo, que viu seu melhor amigo morrer e jura vingança contra os governantes coreanos.
Yoon Sung
Para executar sua vingança, Jin Pyo rouba, ao voltar, o filho de seu amigo que morrera e decide criá-lo como seu filho, dando-lhe o nome de Lee Yoon Sung. Ele conta para a criança, desde pequeno, que o pai morreu daquela forma horrível e lhe ensina a ter ódio e a ser vingativo. Lhe ensina, também, a lutar e atirar, dando-lhe uma dura infância, treinando-o para se vingar.
Nos dias atuais, Yoon Sung é um rapaz jovem e de boa aparência que, após uma temporada no exterior, consegue emprego na equipe de segurança da Casa Azul. Ele parece ser um jovem comum, que trabalha muito e se diverte à noite mas sua única missão é se infiltrar, obter muitas informações e eliminar os cinco homens que causaram a morte de seu pai.
Jin Pyo
Yoon Sung, um a um, passa a exterminar os políticos, executando friamente sua vingança. Ninguém sabe quem está por trás dos crimes, então os populares o chamam de City Hunter. As autoridades querem descobrir quem ele é e pegá-lo, mas ele é esperto demais e está bem infiltrado.
Na Casa Azul ele trabalha com Kim Na Na, uma jovem adorável e alegre, que sofreu bastante na vida, e os dois logo criam uma certa ligação, colocando-na em perigo imediatamente. Yoon Sung precisa se manter afastado dela, enquanto executa sua vingança, mas não é tão fácil por trabalharem juntos, frequentemente se encontrarem e pela atração que há entre os dois.
promotor Kim
City Hunter foi o primeiríssimo dorama que eu vi, que comecei sem expectativa nenhuma, apenas curiosidade. Posso dizer que comecei com o pé direito, pois este se tornou um de meus favoritos. O enredo, envolvendo vingança, logo me atraiu e fiquei curiosa para saber como a mesma seria executada. Há muitas cenas de ação e tensão, com lutas bem feitas e efeitos ótimos, não há um episódio que seja entediante ou fique repetitivo pois, ao mesmo tempo que Yoon Sung busca eliminar os políticos, ele foge dos que querem prendê-lo. Há, também o romance dos protagonistas que deixa a estória em alguns momentos leve e fofa, mas não tem muito foco.
O trabalho dos atores foi simplesmente incrível, principalmente Lee Min Ho, que interpreta Yoon Sung. O personagem é muito esperto e inteligente. Apesar de fazer algo "politicamente incorreto", a justiça com as próprias mãos, é impossível não torcer por ele. O ator soube passar, além disso, muito bem cada emoção de cada cena.
Na Na é uma excelente personagem, também. Por trabalhar para a Casa Azul, ela também precisava de treinamento, então não era aquela mocinha que precisava constantemente ser salva, ela sabia se virar e como se defender.
Outros personagens de grande destaque são Jin Pyo, o pai adotivo de Yoon Sung, um amigo dele, promotor Kim, que estava nas investigações para descobrir quem era City Hunter e a mãe de Yoon Sung, que ainda sofria muito bom o filho roubado. O promotor Kim foi um personagem que me irritou em alguns momentos, mas eu entendia que ele estava apenas querendo fazer seu trabalho. Ele possuía seu próprio conflito, com questões do passado e amorosas.
O dorama todo aborda muitas questões familiares, e tem alguns momentos bastante emocionantes, além dos conflitos principais. Cada episódio é repleto de ação, pequenas cenas de romance e mostra algo novo da estória, terminando com muita tensão, nos instigando a continuar. Desta forma, você nunca se cansa do enredo, nunca fica repetitivo.
Kim Na Na
Quem busca uma estória leve e romântica não vai gostar nem um pouco pois, como mencionei, o maior enfoque está na vingança e na ação. Da mesma forma, quem não gosta de romance não vai se decepcionar pelo mesmo motivo. Como eu gosto, adorei as cenas dos dois protagonistas! Os dois são muito fofos juntos e algumas cenas foram até mesmo divertidas, mas sabiam bem se concentrar quando uma cena tensa vinha.
 O final veio com muitas revelações chocantes, reviravoltas que me deixaram de queixo caído. Não gostei muito de algumas partes, principalmente sobre certos personagens, mas, de forma geral, gostei muito e não acho que deixou a desejar.
É um dorama mais indicado para quem gosta de suspense, ação e vingança, mas que pode agradar a todos os estilos. Mostra, também, o quanto o ódio pode corromper uma pessoa e afetar muitas outras. Gostei muito e recomendo sem hesitar, um dos melhores que vi até hoje.

Avaliação:
★ ★ ★ ★★

Bônus
encontrei aqui
#Doramas

Nenhum comentário:

Postar um comentário