O Presente, Cecelia Ahern

Olá! Venho resenhar um de meus livros favoritos, trazendo uma mensagem ótima. 

Informações:
Título:                       O Presente
Gênero:                     Romance
Editora:                    Novo Conceito
Ano:                          2013
Páginas:                    320
Autora:                     Cecelia Ahern
Sinopse: Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos... Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber... Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.

Gosto muito do Natal, mas normalmente, não curto estórias natalinas, filmes e desenhos com o tema. É bem contraditório, mas é verdade. Quando vi a capa deste livro pela primeira vez, logo imaginei que seria uma estória boba de Natal, sobre milagre e paz, felicidade, algo assim. Quando ganhei o livro, comecei a ler por ler, e felizmente, descobri que estava enganada e acabei me surpreendendo de forma muito positiva.
Em O Presente, conhecemos Lou. Um homem casado, com três filhos, um trabalho bom e, ás vezes, amantes. Lou teria tudo para ter uma vida perfeita, se não fosse seu desejo interminável de estar sempre conquistando mais. Para Lou, ele precisa de um cargo mais alto, precisa ganhar mais dinheiro, precisa estar sempre correndo, quando termina uma reunião, já precisa correr para ir em outra e, assim, acaba perdendo as coisas mais importantes de sua vida.
"Às vezes é preciso se entregar a alguém para perceber quem você realmente é."
Um dia, conhece Gabe, um morador de rua muito observador, que consegue prestar atenção nos sapatos que vê andando pela sua frente todos os dias. Lou acha sua habilidade útil, e pensa que pode usar Gabe para descobrir quem anda indo almoçar com quem do seu escritório, assim, descobrindo supostas conspirações. Gabe então recebe um terno e um cargo de entregador de cartas na empresa em que Lou trabalha.
Tudo iria bem, a não ser pelo fato de que Gabe parece estar sempre em mais de um lugar e saber de coisas sobre a vida de Lou que não deveria saber. Lou se sente ameaçado. Quem é realmente Gabe?Como ele pode saber de tanto e estar sempre em mais de um lugar ao mesmo tempo?
No decorrer da estória, vamos descobrindo pouco a pouco as respostas dessa pergunta e, logo, descobrimos qual é O Presente. Posso dizer que quando terminei este livro, fui tomada por um choque misturado com enormes reflexões. A autora criou um belo enredo, com personagens muito bem construídos, que cativam o leitor e soube escrever um final que fugiu totalmente do previsível. Fui surpreendida totalmente com o rumo que a estória tomou! Este é realmente um livro que te faz pensar e refletir. A mensagem passada pelo livro é muito linda, pois diz que a única coisa que não pode ser recuperada, é o tempo.
Este livro é muito fofo mesmo, a capa é lindíssima e as páginas são super decoradas. Assim, marco como favorito e recomendo este livro, que traz uma mensagem muito bonita que mexe com todos nós.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★