Encontre-me - Encontre-me # 01

Olá, pessoal, bom dia! ( ≡ ^3^≡ ) Hoje venho com a resenha de um meus livros favoritos do gênero mistério/thriller, o primeiro de uma trilogia. 

Informações:
Título:                        Encontre-me - Encontre-me # 01
Gênero:                     Mistério, Young Adult, Suspense, Thriller, Ficção
Editora:                    Globo Livros
Ano:                          2014
Páginas:                    304
Autora:                     Romily Bernard
Sinopse: Um clima de suspense crescente, narrado sob o ponto de vista de uma heroína com a cara do século 21: a descolada adolescente Wick Tate. Órfã de mãe, e filha de um violento criminoso, a garota só confia em seu aguçado instinto de sobrevivência quando se trata de cuidar de si mesma e da irmãzinha, Lilly. Não confia em ninguém – nem mesmo nos pais adotivos com quem ela e Lilly temporariamente vivem num confortável lar de classe média alta próximo à cidade de Atlanta. Por isso mesmo, tenta se garantir mantendo uma secreta e rentável "atividade extracurricular". Faz investigações on-line sob encomenda para mulheres que suspeitam da fidelidade dos parceiros. Wick é uma hacker de mão cheia. O peculiar estilo de vida de Wick sofre uma reviravolta quando Tessa Waye, uma antiga amiga de escola, é encontrada morta e o diário dela acaba nas mãos de Wick. Em meio às páginas, uma enigmática mensagem: "Encontre-me". Aos poucos, Wick involuntariamente é enredada numa rede de mistério que se transforma num desafio pessoal, quando se descobre que Tessa foi assassinada – e que Lilly pode ser a próxima vítima. Para chegar à identidade do assassino, Wick terá de contar com todo seu talento em programação de computadores, além da ajuda constante do vizinho, com quem tem uma certa tensão sexual, Griff. Com um enredo que mantém o leitor agarrado ao livro da primeira à última página, Encontre-me é o livro de estreia de Romily Bernard e o primeiro da trilogia homônima, "Encontre-Me".

Wick Tate tem um passado marcado pela violência e negligência que sofrera em casa e, por isso, hoje ela não confia em ninguém. Sua única prioridade é a irmã mais nova, Lilly, que ela ama mais que tudo e quer proteger.
Depois que seu pai foi preso, as duas passaram de lares em lares, até serem adotadas por um casal bondoso da classe média de Atlanta. O sonho de Lilly de ter uma família está se realizando, mas Wick não consegue abaixar a guarda.
Para ter uma garantia caso as coisas fiquem difíceis de novo, Wick executa seu trabalho ilegal: ela é hacker. Wick aprendera há bastante tempo, com os amigos de seu pai, e, desde então, tem aprimorado cada vez mais seus conhecimentos no assunto.
Com este trabalho secreto ela ganha o suficiente para ficar menos preocupada, mas a sensação de que tudo irá desmoronar a qualquer momento ainda a cerca.
Seu instinto e medo se mostra certo quando, em uma manhã, ela encontra na porta de sua casa um caderno, com um post-it com a frase "Encontre-me" colado. O diário pertence à Tessa Wayne, uma antiga amiga de Wick que aparentemente se suicidara.
Wick não entende como o diário foi parar em suas mãos, e prefere não se envolver nesta obscura estória mas, novos acontecimentos fazem com que ela precise encontrar o culpado por trás da morte da amiga, ou poderá ser a próxima vítima.
Este gênero sempre me prende, e não foi nenhuma surpresa para mim quando eu fiquei viciada nesta leitura. Todo o mistério sobre quem matara Tessa, e quem deixara o diário para Wick prende a ponto das horas passarem voando.
É aquele clichê caso da personagem normal, e sozinha, investigar por conta própria um caso de vida ou morte, mas a diferença deste livro é que, neste caso, Wick é uma personagem com bastante recursos - uma vez que ela é hacker - e muita, muita esperteza. Como ela está sempre desconfiada, mesmo das pessoas que a acolheram, Wick está sempre um passo a frente, pronta para qualquer coisa.
Esta desconfiança contribui para a tensão da leitura, onde nos envolvemos a ponto de procurar junto à personagem um culpado.
Além de Wick, há também Griff, um colega de escola da garota que também tem seus segredos e passará a ajudá-la. Esta parte traz um pequeno romance, mas o foco ainda continua sendo o mistério, então nada de meloso. Os dois formam uma ótima dupla, muito astutos.
Encontre-me é narrado em terceira pessoa, por Wick, e a cada capítulo surgem novas evidências e descobertas que puxam o próximo. A leitura não fica cansativa em momento algum, pois a estória nos mantém ávidos pelos próximos acontecimentos.
O final trouxe uma grande revelação, que chocou a todos, inclusive a personagem principal, e muitas cenas de tensão e perigo de morte. Difícil desgrudar os olhos das últimas páginas! Não achei que houve nenhuma ponta solta, e gostei muito da forma como tudo foi desvendado.
Este livro, Encontre-me, é o primeiro de uma trilogia de mesmo nome, onde, aparentemente, cada volume traz uma nova aventura de Wick. Este primeiro volume, ao final, deixa uma grande pista sobre a próxima aventura, Lembre-se de mim.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★

A trilogia Encontre-me já foi finalizada, internacionalmente, com os livros Find Me, Remember Me e Truste me *página do Goodreads*. No Brasil, publicados pela Globo Livros, temos ainda Encontre-me e Lembre-se de mim *sinopse aqui*, por enquanto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário