O Enigma da Borboleta, Kate Ellison

Oi, pessoal! (⊙ヮ⊙) Hoje tem resenha de um livro de suspense, um dos meus gêneros favoritos, e que me agradou bastante! 

Informações:
Título:                       O Enigma da Borboleta
Gênero:                     Suspense, Mistério
Editora:                    LeYa
Ano:                          2013
Páginas:                    312
Autora:                     Kate Ellison
Sinopse: Um suspense eletrizante onde qualquer movimento em falso pode ser fatal. Penélope Marin, ou simplesmente Lo, é uma adolescente um tanto incomum – ela sofre de transtorno obsessivo compulsivo, que ficou mais intenso depois da morte de seu irmão Oren. Além disso, Lo adora colecionar bibelôs, mesmo que tenha que roubá-los (Ela também tem traços de cleptomania). Num desses “resgates” – como ela mesma diz – Lo encontra uma bela borboleta, que pode ter colocado sua vida em perigo. Essa figura está ligada a um assassinato e Lo pode ser a única testemunha desse crime.

Penélope Marin é uma adolescente problemática. Ela sofre de diversos TOCs, a situação em casa está ruim e, se não bastasse, tem tendência cleptomaníaca  e sente necessidade de colecionar objetos que não possuem a menor utilidade para ela - como jornais velhos, máquinas de escrever, garrafas e pequenas coisas. Ela desenvolveu estes hábitos compulsivos depois da morte de seu irmão Oren, que se envolveu com drogas e assolou toda a família.
Desde então, Lo tem tentado seguir sua vida estudando, tentando ficar bem em casa e vasculhando mercados de pulgas e feiras à procura de objetos para comprar, ou roubar. É em uma destas feiras que ela encontra uma estatueta de borboleta que imediatamente a deixa fascinada. O objeto parece ter relação com um crime que Lo presenciou em uma noite, onde uma dançarina chamada Saphire foi morta. A garota não sabe porquê, mas sente que precisa desvendar este enigma, e correrá muito perigo por isso.
Eu simplesmente amo livros com mistérios  e devorei este. O enredo é muito instigante, desde o começo, por tantos enigmas envolvendo a estatueta de borboleta e outros objetos, e o crime, além da fascinação de Lo. Esta é uma daquelas estórias onde as "crianças" investigam, então já pode esperar muitas cenas de tensão e perigo, uma vez que Lo não possui nenhum recurso além de sua coragem.
É um livro que prende o leitor, com a cada momento surgindo novas pistas e novas suspeitas.
Os personagens foram muito bem trabalhados. Penélope é uma personagem fascinante e complexa, com todos seus distúrbios. A autora explorou bem cada característica peculiar dela, através da narrativa em primeira pessoa. À medida que vamos conhecendo-na, mais gostamos e torcemos, e ela se mostrou de uma grande coragem. Há um outro personagem que me agradou muito, Flynt, um amigo que a ajudará a descobrir o autor do crime.
Além do crime e dos perigos, é muito abordado os assuntos familiares, as drogas e o quanto elas podem destruir uma família e afetar a todos de maneiras diferentes. O desfecho vem com uma série de revelações e muitos momentos de tensão. Me surpreendi muito com os rumos que a estória tomou e senti que fechou bem, sem deixar nenhuma ponta solta.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★
Compre aqui.