Bokura Ga Ita

Olá, hoje o post é sobre mais um anime! ( ⌒(エ)⌒ )9 Este, infelizmente, me desagradou em vários aspectos. 

Informações:
Nome:           Bokura ga Ita/ We were there, 僕等がいた
Gêneros:       Drama, Shoujo, Romance
Ano:              2008
Episódios:     26

Sinopse: Takahashi Nanami, Nana, acaba de começar o secundário… Em sua classe há um menino muito popular que dizem ter conquistado 2/3 das meninas da escola, Motoharu Yano. Por esse motivo na opinião dela ele era mais um daqueles garotos que ficam se achando por ai, mas seu coração começa a bater mais forte ao conhecê-lo melhor… Mas Yano esconde um amargo passado… Será que Nana será capaz de compreendê-lo.


Bokura Ga Ita conta a história de Nana, uma estudante do secundário normal com uma vida normal. Em sua sala de aula, tem um garoto chamado Yano, a quem Nana se apaixona rapidamente.
A princípio, Nana descobre que Yano é um garoto que na verdade não aparenta ser, um bem humorado e cheio de vida como age em frente aos amigos.
Pelo contrário, Yano sofre até o presente com a perda de sua namorada também chamada Nana,  e ele ainda se culpa pela morte dela. Mesmo parecendo complicado, Nana ainda não consegue se impedir de ficar cada vez mais interessada no garoto, aceitando o lugar de nova namorada dele, já quele também parece estar interessado nela.
No entanto, Nana deve enfrentar um único desafio: vencer o fantasma da ex-namorada de Yano, que parece ainda mexer em vários aspectos com o garoto, e a irmã mais nova da ex-namorada, Yuri,  que, aparentemente gosta dele e possui também um passado com ele.
Bom, eu sinceramente não gostei desse anime. O desenho é bonitinho, a história até que é legal, mas achei que não souberam desenvolver adequadamente. Simplificando: ficou meio vaga e fria. O enredo até que ficaria bom em shoujos de 10 ou 12 episódios. Mas Bokura Ga Ita tem incontáveis e enormes 26 episódios. Agora irei explicar o porquê desse anime não ter me agradado.
Primeiro a história se baseia na Nana, que se apaixona pelo popular Yano. Ele sofreu muito no passado pela perda da namorada dele também chamada Nana. Ela morreu no carro do ex-namorado que a agredia, devido a isso, Yano achou que foi traído e sente uma certa desconfiança em mulheres. Mas ele também se apaixona por Nana. As coisas até poderiam ser simples, eles deveriam ter feito o anime curto e que terminasse quando Nana e Yano conseguem finalmente ficar juntos. Quem não gosta de romance à la novela mexicana sugiro que não assista esse anime, devido a inúmeras vezes que o casal se separa e volta, separa e volta, separa e…. Acho que essa é  a parte que mais estragou a magia da história.
 A Nana-chan(a atual) é fofinha, romântica e tudo, mas o que ela mais quer é poder entender Yano, por isso ela insiste em saber mais sobre a Nana-san(a ex), o que é bem complicado para Yano falar sobre. Tudo também iria bem, a não ser pelo fato de que quando Yano finalmente se abre, falando várias coisas  não interessantes, Nana-chan se irrita,fica com ciúmes, briga com ele e acabam terminando. Logo, ela cede, ou o próprio Yano pede desculpas e voltam de novo.
Praticamente o anime todo é sobre a Nana-chan descobrindo coisas, brigando com ele, e  eles separando e voltando de novo. É muito enjoativo. Ainda tem a irmã da Nana-san, Yuri, que é apaixonada pelo Yano e tal , mas nem isso eles  souberam desenvolver. Os primeiros episódios até são gostosos de assistir, até a parte que eles começam a namorar é legalzinha, mas logo vira mesmice e enjoa. Confesso que assisti aos 26 intermináveis episódios obrigada, já que gastei tempo e cds. Por fim, eu não recomendo.

Avaliação:
★ ☆ ☆ ☆ ☆