A Última Casa Da Rua, de Lily Blake

Oi, leitores! Como vão? ʕ   ͡^ᴥ͡^  ʔ  Hoje tem resenha de livro suspense, adoro este gênero e, como sempre acontece, este me prendeu e surpreendeu demais! 

Informações:
Título:                         A Última Casa da Rua
Gênero:                       Thriller, Suspense, Psicológico
Editora:                       iD
Ano:                            2012
Páginas:                      184
Autores:                      Lily Blake, David Loucka e Jonathan Mostow
Sinopse: No livro, os autores Lily Blake, David Loucka e Jonathan Mostow contam a história da jovem Elissa e sua mãe que, em busca de uma nova vida, encontram a casa dos sonhos em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos. A cidade tem um mistério. Um assassinato aconteceu bem na casa ao lado. Uma garota matou os pais de forma brutal e desapareceu. Hoje, quatro anos depois, apenas Ryan, o misterioso irmão mais velho, mora sozinho naquela mesma casa, sombria e esquecida no tempo. Indo contra tudo e contra todos, Elissa acaba se envolvendo amorosamente com o estranho rapaz. O que ela não sabe é o quão perigoso esse jogo pode se tornar… Não espere ver adolescentes sendo perseguidos por forças sobrenaturais ou um desfecho daqueles que já “sacamos” ainda na metade do livro. A trama é criativa, com muitos “não acredito!” pelo meio do caminho. E a sequência final é de tirar o fôlego, com muita ação. Antes de sentir o medo… Antes de conhecer a dor… É preciso voltar para onde tudo começou. “A Última Casa da Rua” chega aos cinemas esse ano. O filme é protagonizado por Jennifer Lawrence (Jogos Vorazes) e Max Thieriot.

Crimes horríveis perturbaram os moradores de uma pequena cidade no interior dos Estados Unidos: uma garota, Carrie Annie, portadora de necessidades especiais assassinou brutalmente seus pais em casa, enquanto eles dormiam. Ninguém soube o que aconteceu com ela depois dos assassinatos. Desde então, quem vive na casa é Ryan, o irmão de Carrie Annie, que morava com a tia quando tudo aconteceu.
Quatro anos depois, Elissa e sua mãe, Sarah, se mudavam para aquela cidade, para "recomeçar" a vida e tentarem se aproximar mais. As duas estavam bem distantes desde que Sarah se separou do pai de Elissa, um famoso cantor de rock. Elas ocupam a casa em frente aonde ocorreram os assassinatos, já que a circunstâncias provocaram a queda no valor do aluguel.
Enquanto se adaptam à nova vida, mãe e filha descobrem que o filho daquela família, Ryan, ainda mora naquela decadente casa. Ele é um rapaz retraído e não costuma sair de casa durante o dia, o que gera muitas fofocas entre os vizinhos.
Um dia Elissa volta de uma festa, enquanto chovia, e aceita carona de Ryan, mesmo que todos digam que ele é esquisito. Aos poucos, os dois vão se relacionando e desenvolvem sentimentos românticos, deixando Sarah preocupada.
A Fernanda já tinha assistido a este filme e amado, então assim que descobri que tinha livro, quis ler. Como ela havia me contado tudo, não pude me surpreender em nada mas, mesmo assim, foi uma ótima leitura.
Há todo o clima de suspense sobre para onde foi Carrie Annie depois dos crimes, porquê Ryan ainda mora naquela casa onde seus pais foram assassinados e se ele tem ou não algum envolvimento com os crimes. Todos estes mistérios fazem com que o leitor não queira abandonar o livro até serem solucionados. Além disso, o fato de o livro ser pequeno (184 páginas), permite que seja lido em apenas um dia.
A narrativa em terceira pessoa não é muito aprofundada, porém é um ponto positivo uma vez que ficamos ansiosos pelos próximos acontecimentos, sem delongas. A maior parte do livro é narrada focando em Elissa mas, mesmo sabendo de seus sentimentos, não gostei muito dela.
Elissa é uma jovem muito esperta mas, ao meu ver, teve muitas atitudes no estilo "rebelde sem causa". Não encontrei uma boa desculpa para o jeito inconsequente que ela era, principalmente com a mãe. Me incomodou, também, o quanto ela idolatrava o pai, sendo que ele, visivelmente, nem estava ligando muito para ela. No fim, porém, ela acabou se mostrando bem esperta.
O desfecho veio com muitas cenas de tensão e muitas revelações nada previsíveis (tenho certeza que, se eu não soubesse, me surpreenderia muito), um final bem fechado, com um epílogo esclarecedor. É uma ótima dica para todos que amam suspense e estórias com mentes complexas.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★
Compre aqui.