Adormecida, Anna Sheehan

Oláa! ლ(⌒▽⌒ლ) Hoje contarei o que achei deste livro que chama muito a atenção por sua capa tão bonita e pela boa proposta.

Informações:
Título:                        Adormecida
Gênero:                      Fantasia, Romance
Editora:                     Lua de Papel
Ano:                           2012
Páginas:                     272
Autora:                      Anna Sheehan
Sinopse: Adormecida - Rose Fitzroy esteve dormindo profundamente por décadas. Imersa num sono induzido, esquecida em um porão por mais de 60 anos, a jovem foi tratada como desaparecida enquanto os anos sombrios pairavam sobre o mundo. Despertada como por encanto e descobrindo-se herdeira de uma corporação multimilionária, Rose vai entendendo pouco a pouco, tudo o que aconteceu em sua ausência. Ela descobre que seus pais estão mortos. O rapaz por quem era apaixonada não é mais que uma mera lembrança. A Terra se tornou um lugar estranho e perigoso, especialmente para ela, que terá de assumir seu lugar à frente dos negócios. Desejando adaptar-se à nova realidade, Rose só consegue confiar numa única pessoa estranhamente familiar. Rose até gostaria de deixar o passado para trás, no entanto, ao pressentir o perigo, percebe que precisa enfrentá-lo - ou não haverá futuro.

Em uma época diferente, Bren Sabbah  acaba encontrando em seu porão um tubo de estase antigo. Surpreende-se ao se deparar com uma menina que devia ter dezesseis anos. Preocupado que ela estivesse morta, ele a desperta. Essa menina é Rose Fitzroy, filha do fundador da UniCorp, que esteve dada como desaparecida durante mais de 60 anos.
Acontece que Rose não estava exatamente desaparecida e sim dormindo em seu tubo de estase. Alguém a deixara para trás. Quem teria feito isso? Seria para protegê-la dos tempos sombrios, que foi uma época de muita crise que começara alguns anos depois que fora colocada para dormir? Agora Rose está vivendo em um mundo totalmente diferente, sem seus pais e sem seu amado Xavier.
Quando comecei a leitura de Adormecida, estava muito animada. Afinal, parecia ser uma versão diferente do conto A Bela Adormecida e isso me deixou curiosa. As primeiras páginas me prenderam bastante, pois estava curiosa para descobrir mais sobre o passado da personagem, sobre como e porquê ela fora colocada para dormir, o que eram os tempos sombrios e, claro, descobrir mais sobre a época em que ela agora encontrava. Bolei, ao longo da leitura, muitas alternativas para os mistérios que cercam toda a vida de Rose. Era um enredo brilhante mas...
Pode conter pequenos spoilers, desculpe~
Simplesmente não deu certo para mim. Primeiro de tudo, achei a personagem, Rose uma bobona. Ela é do tipo de personagem que não sabe fazer nada e não questionava nada. Certo que era sua criação e a situação em que se encontrava agora era complicada, mas Rose simplesmente passou dos limites. Outra coisa que me irritou bastante foi o romance que ela queria ter com Bren (sim, queria ter, porque não rolou). Ela simplesmente pareceu decidir que precisava gostar de alguém e queria que ele retribuísse seus sentimentos. Na verdade, acho que ela sentia falta do Xavier e pensou que deveria ter outra pessoa como ele em sua vida. Esse amor dela não me convenceu.
Adormecida, além destes mistérios, tem várias cenas de tensão e suspense, já que alguém está, aparentemente, caçando a personagem para exterminá-la. E isso contribuiu para que eu permanecesse lendo. Há, também, personagens ótimos, como Otto, um amigo de escola alienígena e até mesmo Bren, que foi um ótimo garoto. Achei realístico o fato de Rose ter passado mais de 60 anos dormindo e não ter acordado como se nada tivesse acontecido; ela havia acordado sentindo uma imensa fadiga e ficou assim por bastante tempo. 
Houveram muitas revelações no final, algumas coisas que me deixam de queixo caído mas... (novamente) o final que a autora escolheu não me convenceu nem um pouco. Achei meio nada a ver e o final, para mim, deixou muitas pontas soltas. Confesso que o final que eu havia bolado me parece melhor. Faltou uma explicação de verdade, comprovada (porque os personagens apenas supuseram as coisas). Pelo que andei pesquisando, a autora teria dito que publicaria uma continuação mas parece ter desistido. Ao meu ver, uma continuação seria uma boa, desde que coloque um ponto em tudo que faltou.
Mas foi interessante conhecer os detalhes daquele mundo, que foi bem diferente de tudo que já conheci. Não é uma leitura arrastada e cansativa.
De modo geral, não é um livro ruim (de forma alguma) mas deixou a desejar muito e algumas coisas realmente me irritaram. Mas outras pessoas que leram este livro realmente adoraram, então acho que é uma boa dica de leitura.

Avaliação:
★ ★ ☆ ☆ ☆
Compre aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário