Ghostgirl - Ghostgirl # 01

Olá, pessoas! (⌒▽⌒ゞ Eu tenho o péssimo hábito de comprar livros porque gosto da capa/diagramação. Ás vezes acabo me arrependendo, mas também tenho sorte. Este foi um livro que fazia tempos que queria ler, principalmente pela capa tão bonitinha. Felizmente, não me arrependi e hoje venho contar o que achei da leitura!

Informações:
Título:                       Ghostgirl - Ghostgirl # 01
Gênero:                     Fantasia
Editora:                     Agir
Ano:                           2011
Páginas:                     320
Autora:                      Tonya Hurley
Sinopse: Charlotte Usher está no último ano do ensino médio e se sente praticamente invisível na escola, até que um dia fica invisível de verdade. Pior ainda: morre. E tudo por causa de um cara e uma bala de goma. Mas ela está tão desesperada para ser popular que o desejo permanece mesmo após sua morte repentina. Aproveitando suas habilidades de fantasma, Charlotte não descansará enquanto não conseguir o amor de Damen, o garoto dos seus sonhos. Romance de estreia da autora e cineasta Tonya Hurley e best-seller da lista do New York Times, o livro foi traduzido para mais de vinte idiomas, incluindo francês e espanhol, e é o primeiro volume da trilogia Ghostgirl.

No Ensino Médio, um dos anos mais difíceis para muitas pessoas, sempre temos os grupos bem definidos. Temos, basicamente, os populares, descolados, e os nerds, que são sempre alvo das zoações. Mas há um grupo que não se encaixa em nenhum destes. O grupo de pessoas que não são nem amadas, nem odiadas. Charlotte Usher pertence a este grupo.
Ela é invisível. Ninguém fala com ela, nem perde tempo a odiando porque simplesmente não a nota. Charllotte nem é inteligente e esquisita o bastante para ser considerada uma nerd e esta sua situação a deixa extremamente infeliz.
Apaixonada por Damen, um garoto do grupo de atletas e populares, e determinada a conquistá-lo, mesmo que ame e se inspire em sua namorada, Petula, Charlotte volta das férias com uma nova atitude, novas roupas e sente que o último ano do colégio será o ano em que ela será conhecida e amada. Mas um contratempo surge e Charlotte acaba morrendo.
Engasgada com uma bala de goma.
Mas engana-se quem pensa que Charlotte, agora morta, irá finalmente deixar sua obsessão pela popularidade e pelo amor do garoto mais bonito da escola. Ela está mais determinada ainda a ter a vida que quer - mesmo após a morte!
"Mas ela sabia que todo mundo morria com desejos não realizados. A vida nunca é suficiente."
De cara, o que mais me chamou atenção, apesar da capa linda, foi a sinopse. Não pude deixar de rir com o quanto a morte da Charllotte foi boba. Imagine morrer engasgada com uma bala de goma! Depois, despertou muito minha curiosidade, fiquei com vontade de saber se a personagem iria conquistar a tão sonhada popularidade, mesmo depois de morta.
Olha que diagramação linda *^* Como não amar?
GhostGirl me surpreendeu por ser uma leitura jovem e muito, muito divertida mesmo. Não é atoa que a parte de trás do livro fala sobre a presença de humor negro na estória - a gente realmente encontra muitas passagens ironicamente engraçadas, já que a autora explora o mundo pós morte, que é onde a personagem passa grande parte do tempo. Gostei da forma como a autora abordou a morte e as missões que cada pessoa deve cumprir antes de seguir em frente, com uma leveza e muita diversão.
Charlotte me conquistou por ser meio burrinha e muito adorável (eu realmente me peguei torcendo para que ela conseguisse cumprir seus objetivos), mas também adorei Scarlet, que é a irmã de Petula e acaba ajudando-na nesta aventura. Há outros personagens que aparecem ao decorrer da leitura e foram muito bem construídos.
Os mortos, cada um com suas histórias e peculiaridades.
Resumindo, GhostGirl é um livro super divertido, abordando o tema fantasmas e espíritos mas, apesar de ser bem leve, traz muitas reflexões interessantes a cada capítulo e foi realmente interessante e profundo acompanhar a personagem durante sua descoberta sobre ela mesma.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★
capas internacionais

Este é o primeiro livro da trilogia de mesmo nome. Os seguintes volumes são Homecoming e Lovesick, ainda não publicados no Brasil. Gostei muito deste primeiro volume, então estou com vontade de ler os próximos livros e acompanhar mais aventuras desta louca personagem.

#Livros

Nenhum comentário:

Postar um comentário