Sukisho e Ergo Proxy

Olá, como estão?? ( ՞ ᗜ ՞ )ᕗ Hoje venho com mais um post sobre os animes que andei vendo e, infelizmente, não consegui continuar, com comentários sobre os motivos.

Sukisho
Sora sofreu um acidente na escola e com isso ele perdeu algumas memórias, inclusive a de que tem um melhor amigo, Sunao. O primeiro encontro dos dois após a amnésia de Sora, não foi muito bom. Assumindo sua, aparente, segunda personalidade, Sunao “ataca” Sora durante o sono, fazendo-o parecer um pervertido. Após todo o esclarecimento, Sunao fica muito irritado por Sora não lembrar-se dele, já que eram melhores amigos.
Mas mesmo “brigados” os dois convivem juntos, já que são colegas de quarto. Há um mistério sobre o acidente de Sora e as duplas personalidades deles, já que parece que Sora também tem o mesmo. No entanto, por muitas vezes o mistério sobre isso é deixado de lado  para dar ênfase à vida escolar dos dois, que juntamente com o amigo em comum Honjou, eles criam um clube de ajudar aos estudantes, recebendo dinheiro em troca. De certa forma, eu acho que esse foi o grande motivo por eu ter abandonado o anime. Muita brincadeira, nada de coisas sérias, esquecimento sobre o mistério do acidente de Sora além de, claro, não nos contar mais a fundo sobre essa dupla personalidade que ambos têm. Achei até engraçadinho alguns episódios, ri  muito, mas achei um pouco infantil e as vezes sem seriedade. Quebrava totalmente o clima de uma hora para outra. Quando você finalmente ia saber mais sobre os mistérios envolvendo Sora, você era jogado, do nada, para um episódio cheio de crianças e tal. Mesmo a sinopse dá ênfase ao misterioso acidente de Sora e suas personalidades, no entanto, eu fiquei bem desapontada por de fato, pelo que parece, isso não ser o foco do anime (pelo menos até onde vi). Realmente eu esperava muito desse anime. Havia uma ligação muito interessante entre Sora e Sunao, mas não o bastante para me deixar curiosa em saber o desenrolar de tudo. Infelizmente não senti vontade de continuar vendo. É… pelo visto minha listinha de animes para ver não está indo muito bem… Assista aqui.

Ergo Proxy
Lil Meyer além de neta do prefeito de Romdo, é uma investigadora, e sua vida muda quando ela passa a ser uma vítima de algo desconhecido por todos, o Proxy. Aparentemente não são os robôs que estão cometendo os crimes e sim essas criaturas atém então desconhecidas pela  sociedade. Lil aprende que deve desconfiar de tudo e de todos, e começa  sozinha sua própria investigação  para saber mais do que se trata o Proxy, já que todos querem manter total sigilo sobre a criatura. Há então, essa ligação entre as criaturas denominadas Proxy e Vincent Law, um imigrante mecânico que tem problemas em se encaixar nas leis e hábitos de Romdo, querendo sair a cidade. Lil tenta a todo custo saber do grande mistério envolvendo Vincent e o Proxy. Sinceramente, eu achei que esse anime seria muito bom. Os primeiros quatro episódios já eram confusos porém, eu ficava sentindo a vontade de continuar vendo. No entanto, no quinto episódio comecei a desanimar mais pois eu não conseguia entender nada, não conseguia gostar e o pior, eu estava odiando os personagens. E não eram um ou dois, eram todos. Todos me incomodavam. Episódios confusos e monótonos, episódios mornos sem algo que me faz ter a atenção presa a ele e personagens chatos foram o que me fizeram largar o anime. Eu na verdade o baixei porque vi gente falado na semelhança com Witch Hunter Robin. Me decepcionei totalmente. Assista aqui.