Kaori e O Samurai Sem Braço, Giulia Moon

Olá, pessoas! ʕ≧ᴥ≦ʔ Hoje venho com mais uma resenha literária, um livro nacional que me conquistou completamente!

Informações:
Título:                       Kaori e o Samurai Sem Braço
Subtítulo:                  Uma Aventura da Vampira Kaori
Gênero:                     Romance, Fantasia
Editora:                    Giz Editorial
Ano:                          2012
Páginas:                    200
Autora:                     Giulia Moon
Sinopse: Março de 2011, Brasil. Uma bela vampira, Kaori, procura confortar seu amigo Takezo, que sofre com as notícias alarmantes sobre o tsunami que devastou o Japão, sua terra natal. As lembranças de outra catástrofe semelhante do passado levam Kaori a recordar o ano de 1782, quando conheceu um certo samurai sem braço: Migitê-no-Kitarô, um exterminador de monstros. Kaori narra ao amigo as aventuras eletrizantes que viveu junto com Migite-no-Kitarô e a sua fiel companheira Omitsu, a mulher-raposa, enfrentando demônios e espectros do folclore japonês. O objetivo do trio é exterminar um terrível monstro devorador de almas, mas essa missão os levará ao mais arriscado dos confrontos: o desafio de enfrentar a si mesmo, às próprias fraquezas e arrependimentos, numa luta de vida ou morte! Faz parte da série de livros da vampira Kaori, que vem obtendo sucesso de público desde o lançamento do primeiro volume, Kaori: Perfume de Vampira (Giz Editorial, 2009). Seguiu-se a publicação de Kaori 2: Coração de Vampira (Giz Editorial, 2011) e, agora, chega Kaori e o Samurai Sem Braço. O livro não faz parte do arco principal da série. É um prequel do Kaori 2: Coração de Vampira. Conta como alguns personagens se conheceram há mais de duzentos anos. É o primeiro volume ilustrado da série, e traz dezoito desenhos em preto e branco da própria autora, Giulia Moon, que ilustrou também a capa.

Kaori é uma bela e sedutora vampira japonesa, com centenas de anos. Atualmente, em 2011, ela vive em São Paulo, e mantém uma amizade com Takezo, um samurai também vampiro. O terremoto do Japão neste ano repercutiu no mundo inteiro, despertando a solidariedade de Takezo e lembrando Kaori de um acontecimento que passara no Japão há muitos anos, quando ainda era uma vampira jovem e maltrapilha.
Em 1782 ela vagava buscando apenas se alimentar e sobreviver, quando foi abalada por um terremoto. Ela quase é morta pela exposição ao sol, quando todas as construções viessem abaixo, se não fosse uma pessoa que apareceu e salvou-a de última hora.
"Kaori havia fechado os olhos. Lembranças eram como anzóis lançados à distância, recolhendo vívidas sensações, sentimentos e pensamentos. Podiam trazer prazeres insuspeitos. Ou dores inesperadas..."
Ele se apresenta mais tarde como Migitê-no-Kitarô, um samurai sem um dos braços, e sem senhor que viaja o mundo exterminando monstros. Junto ele leva Omitsu, uma mulher-raposa muito faceira, que pode fazer vários truques.
Kitarô quer algo em troca, por ter salvado a vida de Kaori. A vampira tem várias habilidades, como ler mentes, e isso pode ser útil para ele, que quer encontrar um monstro devorador de almas, responsável pela morte de sua família.
Kaori, a contra gosto, aceita ajudá-lo, pelo prazo de um ano. Inicia-se então esta estória cheia de aventuras, enquanto os três vagam pelo mundo à procura do tal monstro.
Sempre tive curiosidade em conhecer a vampira Kaori, porque vejo muito sobre os livros na página da editora. Decidi então solicitar este livro e, logo nas primeiras páginas, fui cativada. A escrita da Giulia Moon é muito leve e a narrativa, em terceira pessoa, é cheia de notas e curiosidades sobre o Japão, onde a aventura com o samurai sem braço se passa. Então mesmo que você não saiba nada sobre as lendas e costumes japoneses, ou mesmo sobre o mundo da Kaori, não ficará perdido.
"Sempre há tantas oportunidades de salvação para quem caminha para o abismo! Mas eles teimam em prosseguir, esperando que algum milagre possa mudar o destino a seu favor." 
Eu adoro qualquer estória que se passe no Japão antigo e adorei acompanhar esta. O cenário é bem explorado, com muitas referências históricas, e acabamos aprendendo várias coisas.
Apesar de estarem procurando pelo monstro devorador de alma, os três personagens passam por muitas aventuras, cheias de fantasia envolvendo diversas criaturas do folclore japonês, então a leitura nunca fica cansativa.
Mesmo eu não sendo muito fã de aventura e fantasia, me peguei envolvida em cada estória, tão cheias de perigos, e li o livro rapidamente. Há ainda ilustrações muito lindas a cada capítulo, fazendo com que nos sintamos dentro do mundo criado pela autora.
Sei que muitos torcerão o nariz por se tratar de mais um livro de vampiros, mas não achei que ficou enjoativo, pois não é aquele velho romance da humana com um vampiro. A autora usou apenas mais uma criatura do folclore japonês, assim como a mulher-raposa e outros.
Kaori é a protagonista, e me conquistou muito por ser tão esperta e carismática, mesmo que um pouco arrogante. Mas Kitarô e Omitsu também têm muito destaque, e ambos me agradaram muito. O final foi bem fechado, me agradou a forma como esta aventura acabou. Penso que teria sido bom ter sido mostrado um certo acontecimento, mas não me desagradou em nada.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★

O livro Kaori e o Samurai sem Braço, apesar de trazer a protagonista da série Kaori, não faz parte da mesma, podendo ser lido separadamente sem problemas. Fiquei curiosa para conhecer mais sobre a vampira e acompanhar outras de suas aventuras, então já coloquei Kaori - Perfume de Vampira e Kaori - Coração de Vampira nos desejados.

#Livros

Nenhum comentário:

Postar um comentário