Sonhos No Gelo

Bom dia, leitores! (♡゚▽゚♡) Hoje venho contar o que achei deste filme muito fofinho, que vi há algum tempo quando estava procurando um entretenimento leve para descansar. 

Informações:
Nome:                           Sonhos No Gelo/ Ice Princess
Lançamento:                18 de Março de 2005
Direção:                        Tim Fywell
Gênero:                         Comédia, Drama, Romance, Esporte, Família
Duração:                       98 min.
Classificação:               12 anos
Elenco:                        Michelle Trachtenberg, Hayden Pannettiere, Joan Cusack, Kim Cattrall, Trevor Blumas
Sinopse: Casey Carlyle (Michelle Trachtenberg) é uma adolescente normal, que é estimulada por Bast (Steve Ross), seu professor de física, que crê que ela tem potencial para obter uma bolsa de estudos e ser aluna em Harvard. Mas ela precisa apresentar um trabalho pessoal, assim entre livros de cálculos e teorias engenhosas direciona sua pesquisa para a patinação artística, pois crê que exista uma fórmula aerodinâmica exata para aqueles movimentos. Casey não imaginava que ficaria tão fascinada por este esporte, ao ponto de considerar a física menos importante. Isto provoca o desespero da mãe, Joan Carlyle (Joan Cusack), uma professora de literatura inglesa que sonha ver a filha em Harvard.

Casey Carlyle é uma estudante com um talento brilhante para física, tanto que ela está apta para tentar ingressar em Harvard. Para a entrevista, ela decide criar um projeto de física usando a patinação artística, a fim de mostrar como a matéria é empregada nos movimentos.
 Ela começa a assistir ensaios e Casey, que sempre gostou de patinar no lago congelado, acaba se vendo fascinada por aquele mundo, colocando-o a frente até mesmo de seus estudos. Isso preocupa sua mãe, que sempre sonhou para ela um futuro brilhante e acadêmico, mas a garota parece querer amar cada vez mais a patinação.
 Apesar de ter lido poucas obras da Meg Cabot, gosto muito da autora e gostei muito do filme Diário da Princesa então, quando soube que ela havia feito o roteiro para Sonhos No Gelo, quis ver. Da mesma forma que os outros, fui cativada rapidamente por este, que é mais uma produção leve, fofa e divertida da Disney.
Não demorou muito para a personagem me cativar, e até me identifiquei com alguns de seus dilemas que, acredito, todos os jovens passam. Há poucos outros personagens, como Tina, uma ex-patinadora famosa e que ganhou muitos prêmios nos tempos de glória e sua filha Gen, uma competidora típica garota popular da escola e que vai surpreendendo ao se revelar totalmente amigável aos poucos.
 
Este filme mostra bastante do universo da patinação artística e eu, que nunca havia parado para assistir realmente, nunca havia me interessado pelo assunto, acabei gostando muito de saber mais sobre, e tenho que admitir que é realmente lindo. Sonhos no Gelo mostra bastante deste universo de competições e sacrifícios que não só este, como vários outros esportes têm.
 Além do esporte e dos conflitos adolescentes, a estória também aborda muito as questões familiares, como quando os pais acabam transferindo seus próprios sonhos para os filhos, não deixando que eles mesmos decidam por si mesmos o que realmente querem.
encontrei aqui
 Também mostra muito, de forma emocionante, a importância de não desistir dos seus sonhos, mesmo que pareçam impossíveis, e lutar por aquilo que você quer e gosta. E ainda tem um romance muito fofinho, mesmo que não seja o foco!
encontrei aqui
Adorei Sonhos No Gelo, era exatamente o que eu esperava, uma produção leve, divertida e com muitas mensagens bacanas. Achei que a estória terminou de uma forma um pouco repentina, mas tudo me agradou muito e recomendo para quem gosta do estilo, ou apenas procura algo leve para se entreter.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★
Assista aqui (dublado).