Black Paradox

Oi, leitores! ʕ•ﻌ•ʔฅ Venho comentar o que achei deste mangá, mais uma obra do autor Junji Ito, lido neste feriado. 

Informações:
Título:           Black Paradox
Editora:        Shogakukan
Ano:              2009
Gênero:        Horror
Autor:          Junji Ito
Volumes:      1




Sinopse: A manga about people trying to kill themselves, but weird stuff happens instead.





Quatro jovens decidem se encontrar para se suicidarem juntos. Eles se conheceram através do site Black Paradox e cada um tem suas razões para estar tirando a própria vida. Cada um usa um nickname:
Marusou é uma enfermeira e tem estranhas premonições. Ela sabe que um dia irá acontecer algo horrível com ela, com seu corpo, então está decidida a morrer antes disso.
Taburou é um homem rico, assustado desde que viu seu sósia, uma pessoa exatamente igual a ele, porém com algo sinistro no olhar.
Piitan trabalha em um laboratório na universidade, participou de um experimento onde foi criado um robô com sua aparência. Estranhamente, todos se afeiçoaram ao robô, deixando-o de lado. Ele acredita que em breve o robô tomará seu lugar, então ele não precisa mais viver.
Baracchi tem uma grande marca de nascença na metade inteira de seu rosto. Ela acredita que o seu reflexo do espelho pretende tomar sua vida, então pretende morrer.
Juntos, os quatro vão para um lugar deserto a fim de terminar com todas os medos e com suas vidas. Entretanto, eventos estranhos começam a acontecer, impedindo-os de cometer o grande ato. Quando comecei a ler este mangá, pensei que a estória toda giraria em torno do grupo tentando se suicidar e eventos aleatórios impedindo, mas gostei muito quando percebi que não é isso que acontece.
Somente os primeiros capítulos focam na vontade inicial dos personagens, depois a estória toma um rumo diferente, com a entrada de um elemento e novos personagens, que mudam completamente a vida de Marusou, Piitan, Baracchi e Taburou.
Cada capítulo traz um certo conflito, mas sempre seguindo um mesmo enredo, com ligação aos eventos anteriores. Junji Ito criou novamente uma estória criativa, que prende muito por tantos acontecimentos interessantes, sempre caprichando nas cenas detalhadas e grotescas.
Curiosamente, esta estória trouxe um "final" concreto, contrastando a outras obras do autor, e gostei muito do desfecho, engraçado como foi completamente diferente do começo, não imaginaria algo assim ao ler as primeiras páginas.
Há ainda, neste mangá, há duas one-shots extras, com estórias independentes: The Licking WomanMystery Pavilion. As duas são muito criativas e interessantes, principalmente a primeira, gostei bastante.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★
Este mangá não foi publicado no Brasil, entretanto você pode ler uma versão traduzida para o inglês, aqui.

#Mangás

Nenhum comentário:

Postar um comentário