Voices In The Dark

Oláa, como vão? ╮( ̄▽ ̄)╭ Hoje tem mais uma indicação de mangá do autor Junji Ito! Se você ainda não o conhece, clique aqui e veja o que achei de seus outros trabalhos. 

Informações:
Título:           Voices In The Dark
Editora:        Arashi Sonorama
Ano:              2003
Gênero:         Horror
Autor:           Junji Ito
Volumes:       2



Sinopse: O grande mestre do terror, Junji Ito, autor de mangás como Uzumaki, Gyo e Tomie, nesta obra Ito conta 7 história diferentes, todas no mesmo estilo de terror japonês, histórias assustadores que acontecem sem razões aparentes.



Voices In The Dark é mais uma coleção de one-shots independentes do incrível autor de horror, Junji Ito. Eu adoro seu trabalho, suas estórias e arte, então sempre que estou procurando uma leitura rápida ou um mangá que sei que não vou me decepcionar, procuro uma destas. São sete estórias com temas variados e comentarei um pouco sobre cada.
Blood Slurping Darkness - Nami se tornou anoréxica, depois que seu namorado terminou com ela. Ela não come praticamente nada e tem tido sonhos cada vez mais estranhos, com muito sangue. Esta é a primeira estória da coleção e gostei muito, é realmente envolvente e traz muitos rumos inesperados e cenas bem desenhadas, como espero do grande autor. Foi uma das mais memoráveis, para mim!
The Ghost of Golden Time - Um homem, comediante, foi encontrado morto em estranhas circunstâncias: em seu rosto havia a expressão de como se ele estivesse rindo na hora que morreu. Keisuke é um garoto sério que não acha graça de qualquer coisa. Seu amigo, então resolve lhe levar para ver algumas apresentações de stand-up. O segredo da morte daquele é homem, e de outras vítimas, é revelado com a chegada de uma dupla de comediantes. Gostei bastante dessa estória, o tempo todo fica a curiosidade sobre porquê daquela morte e o que torna essa dupla de comediantes especial.
Roar Of Ages - Masaki e Mimura estão em uma trilha pela floresta quando se deparam com uma cena estranha. Está havendo uma enchente ali, onde várias pessoas estão se afogando e pedindo ajuda. Eles não conseguem salvar ninguém antes que a enchente desaparecesse sem deixar nenhum vestígio, nem mesmo de umidade na terra. Esta foi a estória mais leve, com menos cenas grotescas de todo a coleção. Não foi uma das minhas favoritas, mas gostei bastante e tem um suspense legal.
Secret of the Haunted Mansion - Chegou na cidade um novo negócio. Um homem misterioso está administrando uma atração: segundo ele, se trata de uma mansão mal assombrada. Quem entra nela sai totalmente aterrorizado, e boatos começam a se espalhar. Os garotos Koichi e Satoshi decidem dar uma olhada. O tema pode estar um pouco batido, mas o autor Junji Ito sempre consegue surpreender. Em compensação, esta estória tem muito horror caprichado! Muitas cenas aterrorizantes.
Glyceride - Yui é uma garotinha que mora com seu pai e irmão mais velho. A família tem uma churrascaria e, por causa disso, a casa toda é coberta de óleo. Seu irmão tem o estranho hábito de beber o óleo, como se fosse um refrigerante, e tudo vai apenas piorando. Esta foi uma das estórias que mais me marcou, e é super super nojenta HAHA Junji Ito se superou, e eu nunca mais irei pensar no ato de espremer uma espinha da mesma forma. Ew.
The Earthbound - Nesta cidade, um inusitado fenômeno está ocorrendo. Pessoas estão sendo encontradas em diferentes locais, simplesmente paradas de uma forma estranha, como se estivessem amarradas. Asano é uma voluntária de uma organização que pretende de alguma forma ajudar estas pessoas, e acaba fazendo grandes descobertas. Esta foi uma das minhas favoritas. Não foi surpreendente, pelo menos para mim, mas gostei muito, uma temática bem diferente e original.
Dead Man Calling - A família Kowa foi destruída por causa de uma gangue, que fizeram um ataque violento na estrada. Todos foram presos, e Noriko e seu irmão cuidam da mãe com sequelas e torcem por justiça. Entretanto o líder da gangue, mesmo devendo estar preso, continua telefonando todos os dias para a casa da família, implorando o perdão pelo que fez. Esta não foi minha favorita, nem me prendeu tanto, mas traz ótimas cenas e muito daquele mistério sem resolução do autor.

Gostei muito de Voices In The Dark, quase todas as estórias me prenderam muito, surpreenderam e devorei rapidamente. Acho que se tornou uma das minhas coleções de one-shots favoritas do autor e recomendo muito!

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★
Pelo que eu sei, este mangá não foi lançado fora do Japão. Entretanto você pode ler uma versão traduzida, em português, aqui.

#Mangás

Nenhum comentário:

Postar um comentário