Ghost Hound

Oii, pessoal!! (≧▽​° )ノ゙Venho hoje com mais uma indicação de anime.

Informações:
Nome:          Ghost Hound; Shinreigari Ghost Hound;
Gêneros:      Horror, psicológico, sobrenatural
Ano:             2007
Episódios:    22
Sinopse: Tarou tem sonhos relacionados com um trauma que sofreu quando criança. Seus sonhos e visões perturbam sua mente, constantemente fazendo-o relembrar da escuridão de seu medo da época que ele perdeu sua irmã há anos atrás. Ele revive o medo mas não consegue lembrar de alguns detalhes da época. Agora, há um estudante transferido, Masayuki que tem algum interesse no passado de Tarou e a conexão entre seu colega de classe Makoto com o incidente sombrio. Sobre sua persistência, os três garotos acabam visitando o local aonde Tarou e sua irmã foram mantidos em cativeiro quando crianças: Um hospital decrépito além da barragem.

Quando criança, onze anos atrás, Komori Tarou e sua irmã mais velha, Mizuka, foram sequestrados e mantidos em cativeiro em um hospital abandonado além da barragem da cidade de Suiten. Infelizmente apenas Tarou sobreviveu ao acontecimento e, como o sequestrador foi morto após a perseguição, até então era um caso sem solução.
Porém, anos depois do ocorrido, Tarou começou a ter sonhos com pequenos fragmentos de memórias do sequestro de onze anos atrás. E, em um dos sonhos, sua irmã tenta lhe dizer algo mas Tarou não a consegue escutar, muito menos ver seu rosto direito.
É interessado nesse famoso caso de onze anos atrás, notícia em todo o Japão, que o estudante transferido vindo de Tóquio, Nakajima Masayuki se aproxima de Tarou, para tentar saber mais. Masayuki também se interessa na conexão entre Ogami Makoto, seu colega de classe, e o sequestro.
Pelo que parece, o pai de Makoto, um integrante de uma ceita chamada Ogami, cometeu suicídio logo depois do sequestro ter sido “solucionado” e o suspeito foi morto atropelado, enquanto escapava da polícia. O pai de Makoto acabou ficando mal falado na cidade e até mesmo apontado como um dos sequestradores.
Crente de que ir  ao local do crime, para verificar a cena, ajudaria a solucionar o enigma,  Masayuki convence Tarou e Makoto a irem até lá, que ainda por cima, pode conter uma câmara de tortura que está sob uma maldição.
Após  o passeio, os três acabam inconscientes. É quando descobrem que têm a habilidade de se projetarem para fora do corpo, como uma atividade extra-corporal. Permitindo que suas almas saiam de seus corpos fazendo com eles possam ver os espíritos ao redor, que antes humanos normais não conseguiriam.
É por causa dessa nova habilidade que os três garotos conseguem ver o espírito do sequestrador que morto enquanto tentava escapar, e é então que eles têm a ideia de investigarem o que de fato ocorreu há onze anos e se o pai de Makoto realmente teve envolvimento com o sequestro das duas crianças.
Apesar do número de episódios, 22 (geralmente eu nunca assisto animes com mais de 16 episódios) eu resolvi arriscar a assistir Ghost Hound porque a sinopse realmente me chamou a atenção. Logo nos primeiros episódios, a estória fluiu bem e rapidamente consegui entender do que se trataria o anime. Achei interessante como não conseguimos desvendar o grande mistério envolvendo o sequestro logo de cara, o que foi desafiador.
Apesar de parecer um anime sério e arrepiante (levei alguns bons sustos enquanto via), achei os personagens engraçados e fofos. Juntando isso e à animação que é até bem bonita, me surpreendi com o quanto gostei do enredo e personagens e o quanto me vi “presa” ao mistério, querendo sempre ver mais para continuar entendendo.
Como é de se esperar, não gostei de alguns personagens, e alguns que eu já vinha começando a gostar, comecei a semicerrar os olhos com algumas atitudes. Como por exemplo, Masayuki. Achei-o lindo e engraçadinho, mas confesso que quando ele apertava demais Makoto e Tarou para saber detalhes do passado deles, achei bem indelicado. Sem contar que não entendi ao certo esse grande interesse por Masayuki no caso. Foi um caso famoso aonde ele morava e depois de ter a chance de se mudar para a cidade aonde aconteceu, deve ter sido animador e curioso, mas não entendi bem essa vontade louca de desvendar o caso.
Um ponto bem positivo foi a amizade deles. No começo Masayuki forçou bastante na amizade dos três, foi algo realmente forçado e com um propósito, mas logo essa amizade veio a ser bem útil e ás vezes até ajudou os dois meninos a começarem a enfrentar os traumas. Muita coisa aconteceu ao desenrolar do enredo, e algumas coisas nem passavam pela minha cabeça, então acho que isso ajudou bastante a apreciar o mistério e sua solução.
O anime foi bem finalizado, resolvendo várias pontas soltas que fomos apresentados desde o início, o que é importante. Foi realmente uma boa experiência. É um anime muito bom e achei o enredo bastante singular. Alguns detalhes e alguns personagens não me agradaram muito, mas nem por isso deixei de aproveitar o tempo que passei vendo-o.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ☆
Assista aqui (legendado em português).

Nenhum comentário:

Postar um comentário