My Princess

Olá, bom dia! (´。• ᵕ •。`) Hoje irei comentar sobre este último dorama que assisti, terminado semana passada ainda se não me engano.

Informações:
Título:               My Princess/ 마이 프린세스
Gênero:             Romance, Comédia, Drama
Ano:                  2010
Classificação:   15 anos
Episódios:         16
Elenco:             Kim Tae Hee, Song Seung Heon, Park Ye Jin, Ryu Soo Young, Lee Ki Kwang,
País:                  Coreia do Sul
Emissora:          MBC


Sinopse: Uma estudante universitária comum, Lee Seol, descobre ser uma princesa. O neto do Grupo Daehan, Park Hae Young, é então encarregado de educar Seol apropriadamente. No entanto, Hae Young é colocado em uma situação difícil quando se sente atraído por Seol, a menina que vai tirar a sua herança se a monarquia for restaurada.


Lee Seol é uma estudante universitária com uma vida simples e comum. Ela tem uma paixão platônica por seu professor, mantém um emprego vestida como uma rainha, posando para fotos com turistas, ajuda a família que a adotou e sabe como sobreviver no mundo. 
Park Hae Young é neto e herdeiro do grupo Daehan, uma importante e rica família sul coreana. Possui prestígio, um cargo no governo, e pretende se casar com Oh Yoon Joo, quem também tem relações com o grupo. Não tem, no entanto, um bom relacionamento nem com seu pai, nem com o avô, o chefe da família.
Park Hae Young e Lee Seol se esbarram vez após outra em situações inusitadas e cômicas, desde então surgindo um relacionamento estranho entre os dois. Mas isso se mostra obra de um destino cruel quando é revelado que Lee Seol não é uma mulher comum: ela é filha de um príncipe, portanto, um membro da família real sul coreana. 
O avô de Hae Young tem sua consciência pesada pois acredita ter provocado a morte do pai de Lee Seol de alguma forma. Então, está determinado a colocá-la no palácio e restituir da família real do país, mesmo que isso resulte em grande perda da riqueza do grupo Daehan e vá contra muitas pessoas - incluindo Park Hae Young, que pode perder sua herança. 
Comecei My Princess sem nenhuma ideia concreta do que iria encontrar, mas os primeiros episódios foram exatamente o que eu estava querendo ver (romance, comédia e leveza mas com um conflito interessante se aproximando), então fiquei super empolgada. Os primeiros episódios são realmente ótimos, com a interação dos protagonistas surgindo, então já é um ponto bastante positivo.
Aconteceu, no entanto, que eu acabei ficando confusa com toda essa história de família real e como isso afetava o grupo Daehan, de forma que eu fiquei mais interessada no romance que na estória em si. Felizmente, esse período durou pouco e assim que compreendi bem tudo ali, foi realmente instigante e comecei a ansiar por cada episódio.
Senti muita simpatia por Lee Seol, ela é realmente uma personagem que te conquista e te faz torcer. Ela tem sim seus momentos de garota sonsa, mas é algo justificável uma vez que ela não sabia realmente onde estava entrando quando aceitou ser uma princesa. Há muita gente mal intencionada ao seu redor, e ela cai bastante até descobrir o que deve realmente fazer.
É um grande conflito uma dessas pessoas ser Hae Young, porque logo surge o romance, mas ele se comporta de forma imprevisível, ora ajudando-a ora estando ao lado das pessoas que querem manchar sua imagem. Confesso que fiquei com um pouco de raiva dele em alguns momentos, mas também é justificável, no fim das contas, suas atitudes.
Claro que há algumas pessoas boas no palácio e ao redor de Lee Seol. Seu professor da faculdade, Nam Jung Woo, é apaixonado por história e acha a vida de Lee Seol fascinante, fazendo o que pode para ajudá-la. Em algum momento, enquanto estava desgostando de Hae Young, até shippei um pouco os dois, mas já adianto que não se trata de um triângulo amoroso; os dois têm apenas uma relação de professor e aluna, Nam Jung Woo gosta do fato de Lee Seol ser "história viva", como ele bem diz. 
Mas o que não falta mesmo é personagem para odiar. Tive vontade de sair batendo na cara de muitos ali, com destaque para Oh Yoon Joo e a irmã adotiva de Lee Seol, Lee Dan. Essas duas infernizam muito mesmo. 
Gostei realmente de ter acompanhado esse dorama, traz um enredo bom e que prende, preservando ainda algumas cenas leves e o romance do início. Só que esse romance é meio complicado, oscilou bastante por causa de Hae Young. E em alguns momentos ele se afastava sem nem fazer sentido. Porém, foi legal como My Princess trouxe o diferencial de não ter muito drama focado em triângulo amoroso - na verdade, nem sei se posso descrever a relação de Lee Seol x Hae Young x Yoon Joo x Jung Woo dessa forma pois, para mim, desde o começo os casais estavam bem definidos ali - e sim somente no conflito real + romance.
Me diverti muito e adorei acompanhar a personagem principal nessa aventura (eu adoro a temática de princesas no mundo contemporâneo) e foi muito positivo, para mim que não gosta tanto, de como as relações com a política do país foram pequeninas. Foi quase um dorama completo, pois pecou um pouco no final ao deixar em aberto à interpretação. 
Surgiu um conflito e deu a entender que tudo ficaria de uma forma, ao mesmo tempo que poderia muito bem ter ficado de outra. Quem também estava muito animado pelo romance pode ter ficado decepcionado ao esperar um desfecho mais fofinho e romântico. Eu penso que Lee Seol apenas deu um jeito em tudo, seria bem o estilo dela.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ☆
Assista aqui (legendado em inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário