Air Doll

Olá, novamente! (ノ´╰╯`)ノ Agora estarei comentando sobre esse filme japonês que vi ontem mesmo, depois de ler tantos comentários positivos. 

Informações:
Nome:                          Air Doll/ 空気人形/ Kuki Ningyo/ 공기인형/ Boneca Inflável 
Lançamento:              26 de Setembro de 2009
Direção:                      Hirokazu Koreeda
Gênero:                       Drama, Fantasia, Adulto
Duração:                     116 min.
Classificação:             18 anos
Elenco:                        Bae Doo Na, Iura Arata, Fuji Sumiko, Itao Itsuji
Sinopse: Uma boneca sexual em tamanho real vive em um apartamento modesto em Tóquio. Ela não pode falar nem se mover é a única companheira de seu dono, um homem de meia-idade. Ele conversa, toma banho e depois faz amor todos os dias com ela, quando volta do trabalho. A rotina diária é quebrada quando a fantasia se torna realidade. De repente ela vem à vida e percebe que tem um coração. Ela é incapaz de compreender o que está ao seu redor, no entanto, sabe que há um mundo além das paredes do apartamento pequeno e seu mestre egoísta, à espera de ser explorado. Eventualmente, ela ousa sair para o mundo e encontra pessoas de todos os tipos, mas ninguém é capaz de explicar o que significa "estar vivo".

Air Doll é sobre uma boneca inflável, chamada de Nozomi por seu dono. Ele a trata como se fosse sua namorada de verdade, conversando com ela, vestindo e levando-na a passeios. Nozomi tem como único propósito servir para libertar os desejos sexuais de seu dono mas, um dia, de repente ela ganha vida.
Eu sempre achei bizarro esse tipo de boneca e fiquei bem WTF quando vi esse filme. Mas então li comentários tão positivos que resolvi arriscar ver. De fato, é bizarro e doentio ver o "relacionamento" entre a boneca e seu dono mas, felizmente, a estória de Air Doll não é o romance entre essa que acabou de se tornar animada e o humano.
Nozomi começa a sair, trabalhar, conhecer o mundo, até mesmo se apaixonar. É então que surgem várias reflexões sobre a vida e como, ganhando um coração, a personagem ganhou também o sofrimento.
É engraçadinho o jeito de Nozomi, há muitas "filosofias" durante a estória quando mostrado a forma como várias pessoas vivem a vida, sempre ansiando por algo, fiquei com pena da boneca mas, não sei, não me cativou.
Não senti aquela pontada se sentimentos, esse filme não me tocou de verdade. Passa bem rápido a duração, mesmo não acontecendo muita coisa, e foi legal como vários assuntos da existência humana foram abordados. Mas não senti nada de mais, nem ficarei pensando nele por dias. E é meio assustador, algumas cenas são até cômicas nessa transição de boneca-para-atriz HAHA
Achei estranho e ficava pensando "ué, o dono dela não notou que ela está diferente? ou eles querem dizer que ela não está, em sua aparência?", "ela conseguiu emprego como?", "se ela não está diferente fisicamente como ninguém na rua acha que ela é uma boneca, mesmo que ande?". Sei lá, não consigo me desprender dos detalhezinhos nunca HAHAHA

Avaliação:
★ ★ ☆ ☆ ☆
Assista aqui (legendado em inglês).