A Bela e a Adormecida, Neil Gaiman e Chris Riddell

Olá, pessoal! ヾ(@⌒ー⌒@)ノ Esse calor de ultimamente me deixa com uma preguiça de ver meu dorama, então aproveito esse tempo livre para atualizar o blog com minhas últimas leituras.

Informações:
Título:                       A Bela e a Adormecida
Gênero:                     Aventura, Contos, Fantasia, Infanto Juvenil
Editora:                    Rocco
Ano:                          2015
Páginas:                    73
Autores:                    Neil Gaiman e Chris Riddell
Sinopse: Em uma sombria e fascinante história, as mais queridas princesas dos contos de fadas são reinventadas de maneira brilhante pelo inglês Neil Gaiman e o ilustrador Chis Riddell. Em A Bela e a Adormecida, uma jovem rainha é informada, na véspera de seu casamento, sobre uma estranha praga que assola as fronteiras do seu reino, um sono mágico que se espalha pelo território vizinho e ameaça os seus domínios. Na companhia de três anões, a rainha abandona o fino vestido da festa, pega sua espada e armadura e parte pelos túneis dos anões para o reino adormecido. Uma viagem repleta de ação e suspense que leva a uma surpreendente descoberta. Misturando o conhecido e o novo com perfeita sintonia, Gaiman cria mais uma obra repleta de magia e aventura capaz de hipnotizar o mais exigente dos leitores.

Nessa releitura de A Bela Adormecida, uma rainha toma conhecimento dos rumores sobre um reinado enfeitiçado. Lá todos dormem há quase oitenta anos, desde que uma bruxa jogou um feitiço na princesa.
As pessoas não envelhecem nem precisam se alimentar, apenas ficam ali inertes em seus sonhos. Acompanhada por seus anões ela decide adiar seu casamento para conferir de perto essa estória e, talvez, ser a pessoa a quebrar esse feitiço.
"Ela é velha como as montanhas, traiçoeira como uma cobra, toda malévola, toda morte."
Neil Gaiman me conquistou, em Coraline, pela combinação do sombrio mais infantil, em sua narrativa. Aqui, no entanto, a mesma não é cativante como eu esperava, chegando a ser muito distante e pouco envolvente.
É um conto curto e a diagramação e ilustrações são chamativas e interessantes, mas a estória em si não prende muito. Essa versão do conto de fadas é moderninha e tudo mais, mas não me impressionou muito.

Avaliação:
★ ★ ☆ ☆ ☆