Kuro no Sumika: Chronus

Oii!! (๑꒪▿꒪) Esse filme animado é muito interessante e a resenha pode conter alguns spoilers.

Informações:
Nome:         Kuro no Sumika: Chronus/ Wakate Animator Ikusei Project/ 2014 Young Animator Training Project/ Anime Mirai 2014/ Kuro no Sumika; -Chronus-/ 黒の栖 -Chronus-
Gêneros:     Drama, Shinigami, Sobrentural, Psicológico
Ano:            2014
Duração:    25 min


Sinopse: Makoto Nakazono é um estudante colegial com um pequeno segredo sombrio. Desde  criança ele tem esse misterioso poder de ver “entidades negras” que roubam almas — os deuses da morte conhecidos como Destinos. Makoto começa a notar que essa sombra ameaçadora está se aproximando de sua amiga de infância, Hazuki…



Kuro no Sumika tem uma estória não muito singular, afinal há por aí  muitos animes com temáticas com Ceifeiros ou Morte (Shinigami). Para um filme de pouco mais de vinte e cinco minutos, Kuro no Sumika até conseguiu desenvolver e bem toda a questão de Makoto e como ele vê essa pessoa  de preto, que está sempre por perto de alguém que vai morrer ou já morreu, desde que era pequeno, sendo muito chamado de louco por ver algo que ninguém mais vê.
Makoto acabou se acostumado à presença desse ser de preto por toda sua vida, afinal, o que ele poderia fazer contra o destino das pessoas que estão para morrer? Somente quando o ceifeiro começa a ficar aos arredores de  Hazuki, sua amiga de infância, que Makoto fica desesperado. Não seria mesmo possível mudar o destino?
Aí que fica a parte legal do filme, pelo menos para mim. Alguns dos ceifeiros começam a ficar admirados com Makoto, inclusive Akira Seno, o homem de preto que sempre é visto por ele. E, em algum momento, um deles até diz que Makoto seria um deles. Fiquei muito curiosa nisso, na possibilidade de que quando humanos (supondo que os shinigamis foram humanos algum dia) conseguem ver essas figuras negras, se tornam um deles em algum momento da vida, talvez depois da morte. Em outro momento, um deles diz que é o destino de Makoto salvar pessoas dos ceifeiros, o que quer dizer, para mim, que Makoto talvez seja o único humano que consiga vê-los e impedi-los de levar as almas dos mortos.
Muitas perguntas realmente foram surgindo, mas acabou que nada disso aconteceu, o que pode ter me decepcionado um pouquinho. Afinal, seria uma boa ideia ver mais episódios, cada um em que Makoto faria o possível para salvar a pessoa de morrer, porque em vários momentos os shinigamis davam a entender que Makoto era especial.
Mesmo que eu tenha ficado com vontade de ver mais, ou vontade de ver algo mais desenvolvido, Kuro no Sumika não decepciona porque a animação é muito boa (sério, nunca vi um anime tão bem animado, as cenas do metrô realmente me impressionaram, porque muitas vezes os ‘figurantes’ quase nem sempre andam) e Makoto é cativante. Fiquei com bastante pena dele a medida que vão mostrando-nos flashbacks de sua infância. Mas muita coisa instiga para não ser mostrada, como por exemplo, o passado de Akira. Tenho certeza de que se fizessem uma versão anime com até vinte episódios, eu ficaria bem mais satisfeita.

Avaliação:
★ ★ ★ ☆ ☆
Assista aqui (legendado em inglês).