Sorvete de Banana

ヽ(´・ω・`)ノ Fiz de novo quiches de queijo e estava pensando em uma sobremesa light quando me lembrei desta. Sempre a vejo em muitos blogs e sites fitness, sempre mostrando as mais diversas variações.
Confesso que estava com um pé meio atrás, depois daquele brigadeiro fail (oras, se fosse para comer algo que é banana mesmo, sem nada de diferente, melhor pegar uma e comer HAHA), então vou contar minha opinião sobre essa receita.

Para prepará-la é necessário algumas bananas (usei 4 para duas porções de sorvete) congeladas (descasque e pique-as, dê uma enxaguada e deixe no congelador por umas quatro horas ou mais). Depois é só colocar no liquidificador por porções. Algumas pessoas recomendam colocar um pouco de água, leite ou iogurte, porque senão fica bem difícil de bater, porém eu pinguei apenas algumas gotas de leite e fui parando de bater para ir mexendo um pouco e deu certo. Não tentei colocar mais nada com medo de que ficasse muito líquido, mais para vitamina que sorvete.
Deu muito certo mesmo, fiquei pasma! A começar pela consistência, que ficou su-pim-pa. A mesma consistência de sorvete, bem cremoso. Não esperava algo assim, tão igual ao sorvete industrializado! E o gosto não fica atrás, fica realmente delicioso. Não é a mesma coisa que apenas comer banana, de forma alguma, e isso é muito interessante mesmo.
Essa receita varia, algumas pessoas batem as bananas com cacau em pó ou algum adoçante/essência. Pensei que iria ficar sem graça então coloquei quase uma colher cheia de açúcar mascavo, mas não deu para bater e tive de misturar com a colher mesmo. No fim, no entanto, não faz diferença se as bananas estiverem bem maduras.
Então, além de ter consistência e gosto nota dez, o acompanhamento pode tornar a experiência melhor ainda. Para servir, segui uma dica de algum site (eu não salvei qual c(TᗜT c) de triturar castanhas e coisas do tipo, para servir em cima (como nas sorveterias, onde a gente monta nosso sorvete com os mais diferentes badulaques). Como só tinha granola, pesquisei se podia batê-la no liquidificador e, resposta positiva, fui nessa: outro resultado incrível! Virou essa farinhazinha, não tão refinada, mas ainda assim muito interessante.
Polvilhei por cima do sorvetinho, amei muito mesmo. A combinação ficou demais! E devo salientar que essa granola, depois do que fiz aqui, está dos deuses. E o resto é só ir soltando a criatividade; passas, cereais, outras frutas cortadas, pouquinho chocolate/granulado, caldas (como aquela de abacaxi)...Também há a possibilidade de misturar com outras frutas ou mesmo fazer de outros sabores, como morango, manga, abacate...Mas puro também é delicioso. Aprovadíssimo!