Doramas Que Abandonei

Olá 〜( ̄▽ ̄〜) O post de hoje é bem diferente. Irei listar quais foram os doramas que abandonei, aqueles que não consegui continuar assistindo e explicarei os motivos.


Faith - Este dorama eu comecei a assistir por causa do Lee Min Ho, um ator muito talentoso que gosto muito. É sobre este guerreiro que precisava de um curandeiro para a rainha, então decide atravessar um portal que se abre de muitos em muitos anos, à procura de um médico.
Acaba encontrando a tal médica, uma cirurgiã plástica e a leva para seu tempo. Ela é obrigada a curar a rainha ou não poderá voltar para seu tempo mas um vilão com um doença que está levando-no à morte acaba tomando conhecimento de sua chegada e decide que a quer, custe o que custar, para que esta o cure. Como é uma estória épica, com muitas batalhas e perigos, pensei que seria tudo menos entediante. E não foi mesmo entendiante, mas eu não consegui continuar, não estava me sentindo conectada à estória. Como esperado, o ator foi mesmo ótimo, mas faltou interesse de minha parte. Assista aqui.

 Marry me, Mary - Comecei a assistir apenas por entretenimento mesmo, pois queria ver algo para descansar. Mary é uma garota pobre que precisa se virar sozinha pois seu pai está metido em dívidas e sua mãe morreu. Ela vive sozinha e mal tem o que comer. Um dia acaba, ao sair de carro com suas amigas, atropelando um garoto estranho. Desesperada com a dúvida de se este iria processá-la ou não pelo atropelamento, ela começa a seguí-lo em busca de um documento assinado que comprove que está tudo bem. Mary descobre que ele é um popular cantor de uma banda que, aparentemente, tem muitos romances e gosta de beber muito.
Assisti apenas um episódio e gostei mais ou menos. É bem clichê a estória, você já pode deduzir o resto a partir do primeiro episódio. Sei que tem estórias que, apesar de previsíveis, não conseguimos parar de acompanhar, mas esta não me instigou a continuar. Achei muito morno e os personagens não me agradaram muito. Geun Suk, que interpreta o personagem principal, é um ator que eu conheço do drama You're Beautiful e gosto muito, mas não achei que gostar do ator era o suficiente para continuar vendo, uma vez que as experiências passadas onde vi doramas por causa dos atores foram negativas. Assista aqui.

 Protect The Boss - Comecei a ver porque vi comentários de que era um drama muito engraçado, então fiquei curiosa. É sobre No Eun Seol, que acaba conhecendo um homem e, causando uma confusão, faz com que este apanhe. Ela estava à procura de um emprego e, quando finalmente consegue, descobre que seu chefe é nada mais que o homem que apanhou por sua causa.
O começo foi de fato bem engraçado e eu realmente sentia vontade de continuar vendo. Mas os personagens começaram a me irritar demais! A No Eun Seol era muito chata mesmo, parecia que ela tinha inveja das pessoas ricas. O chefe dela, Ji Heon, era um bobão fazendo todas as vontades dela e idolatrando-na. E o romance dos dois, para mim, surgiu do nada. Teve também um triângulo amoroso envolvendo o primo de Ji Heon que trabalhava na mesma empresa. Essa parte também não me convenceu porque ele parecia não saber se gostava da Eun Seol ou de uma outra personagem. Com o tempo, fui ficando irritada e fadigada e decidi simplesmente parar de ver. Mas vejo tanta gente que amou! Então, se você se interessou, procure ver pois pode gostar mais que eu. Assista aqui.

Nail Shop Paris - Mais um exemplo de que não devo mais assistir doramas por causa dos atores! Este comecei a ver porque descobri que tinha o SeungYub, do A-JAX. É sobre uma escritora que estava à procura de inspiração para um personagem para seu livro. Ela conhece na rua um homem e decide segui-lo e descobre que ele é manicure. Para poder ficar perto e saber mais sobre ele, ela decide se vestir de homem, uma vez que só contratam homens. Não é bem um enredo original, pois vemos muito dramas onde a personagem precisa se disfarçar de homem por algum motivo. Este começou até bem, mas eu achei um pouco morno. A cada episódio há um conflito diferente, envolvendo outros personagens mas achei isso chato porque acabava que era o pessoal lá da manicure que resolvia os problemas de todo mundo. Enquanto isso, a escritora tentava descobrir mais sobre o personagem, só que ela era muito sonsa e não sabia agir sorrateiramente, de uma forma que ninguém percebesse. Felizmente, SeungYub apareceu somente em um episódio (ele foi o conflito do dia), então eu assisti somente mais este e parei de ver. Assista aqui.

#Doramas

Nenhum comentário:

Postar um comentário