My Mad Fat Diary (3ª Temporada)

Olá, bom dia! \(@^0^@)/ Hoje venho com a resenha da última temporada daquela série que tenho acompanhado e amado, My Mad Fat Diary. Se você ainda não a conhece, clique aqui e confira as resenhas das temporadas anteriores. 


Informações da série:
Título:                        My Mad Fat Diary (Temporada # 03)
Classificação:            16 anos
Estreia no Brasil:      2015
Gêneros:                    Comédia, Drama, Adolescente
Elenco:                      Sharon Rooney, Ciara Baxendale, Claire Rushbrook, Dan Cohen, Ian Hart, Jodie Comer, Jordan Murphy, Kenneth Collard, Nico Mirallegro, Rae Eral, Sophie Wright


Sinopse: Situada na década de 1990, a história de My Mad Fat Diary acompanha a vida de Rae (Sharon Rooney), uma jovem obesa de 16 anos que vive em Lincolnshire com sua mãe excêntrica (Claire Rushbrook). Recém saída de um hospital psiquiátrico, ela se vê jogada em um mundo no qual não se sente à vontade.



Rae agora está finalmente mais confiante. O relacionamento com Finn vai muito além de "bem", ela está mais próxima da amiga Chloe, está tendo um bom relacionamento com a mãe e Karim, além de ter ganhado uma irmã muito fofa. 
 As coisas não poderiam estar melhores mas, com o fim do colegial chegando e, junto, as responsabilidades e incertezas sobre a universidade. Rae se vê diante de escolhas difíceis: ficar em Stamford com Finn ou ir para a universidade de Brisol?
 Admito que me irritei com esta série. Sempre que as coisas estão bem, alguma coisa de mal acontece! Claro que, sem conflitos, não haveria estória, mas acho que bem que a gente podia conseguir aproveitar só um pouquinho da felicidade antes de isso acontecer HAHA
Nesta terceira temporada, voltei a ficar preocupada e apreensiva com os novos conflitos, novamente desenterrando o passado de Rae. Achei-a mais madura aqui, mas admito que aquele velho drama da segunda temporada, envolvendo as mesmas coisas, deixou um pouco cansativo. Novamente, várias coisas dão errado e, quando ela tenta consertar, ficam piores. 
Mesmo achando que ficou um pouco na mesmice, há muitas surpresas nesta temporada, onde os assuntos abordados são erros cometidos no passado, incertezas sobre o futuro, amadurecimento. Mais uma vez, me vi envolvida e presa, terminando os três episódios em um dia só.
 Gostei que foi muito abordado temas familiares e a relação de Rae com os pais e o padrasto. Foi muito bom vê-la amadurecendo quanto a isso, mas acho que devia ter havido mais destaque para a parte da irmã de Rae, que tocou-a tanto no fim da segunda temporada.
Os personagens da primeira e segunda temporada, amigos de Rae, ainda têm total presença nesta, e há um conflito enorme envolvendo Chloe, que faz a protagonista tomar decisões importantes e muitas reflexões. Mais uma vez, novos personagens surgem, entre elas uma antiga amiga de Rae. Archie, novamente, teve um espaço generoso com seus conflitos sobre a sexualidade.
 Rae e Finn agora são um casal, e senti muita pena dele por algumas coisas. Penso que deveria ter havido mais destaque, mostrado mais a parte do romance. Apesar disso, acho os dois muito fofos juntos e eu realmente torcia por eles.
 O desfecho veio com um grande amadurecimento de Rae, onde ela aprendeu lições muito importantes e descobriu mais sobre si mesma. Admito que não gostei muito do final, não é o final romântico e fofo que eu esperava (baseado no final das outras temporadas), mas admito que o fato de não ter sido feliz, realmente, me agradou. Ás vezes é bom fugir daquele clichê de novela onde todos os problemas -puff!- somem e só resta amor, alegria e risadas, e encarar um final mais real.
My Mad Fat Diary é uma ótima série, adorei acompanhar. É cativante, divertida e dramática na medida certa, traz muito sobre a vida de alguém com certos problemas e muitas lições importantes para a vida.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ☆
Assista a esta e as outras temporadas aqui, legendado em português.

Nenhum comentário:

Postar um comentário