Fujoshi Kanojo/ My Girlfriend's a Geek vol. 1

Bom dia, pessoal! (๑>◡<๑) Há algum tempo comentei, aqui, sobre o filme Fujoshi Kanojo, que não me agradou tanto, porém a proposta ainda parecia interessante então decidi ler o mangá. Hoje conto o que achei do primeiro volume.

Informações:
Título:          Fujoshi Kanojo/ My Girlfriend is a Geek
Editora:       Little, Brown & Company
Ano:             2010
Gênero:        Shoujo, Comédia,
Autora:        Shinba, Rize (arte), Pentabu (estória)
Volumes:      5

Sinopse: Mutou Taiga é um estudante universitário, que se apaixonou à primeira vista por Ameya Yuiko-san, uma senpai no seu trabalho em part-time. Um dia ganha confiança e se confessa, ela aceita a sair com ele, no entanto revelou-lhe "Mas eu sou uma fujoshi". Mutou respondeu de imediato "Está tudo bem", ainda que não soubesse na realidade o que isso significa. A partir daí sai com ela e começa a lidar com as suas ações, gostos e conversas.


Mutou Taiga é um estudante universitário, que gosta de garotas mais velhas. Em seu novo trabalho ele conhece Ameya Yuiko e de cara gosta dela, por ser tão bonita. Ele tenta se aproximar dela, todo atrapalhado, e finalmente um dia a pede em namoro.
Mas Yuiko é fujoshi (uma menina que gosta de Boys Love) e deixa isto claro quando aceita o pedido. Taiga diz não ligar, mas na verdade não entende bem o que é ser fujoshi. Os dois começam a sair e ele vai aprendendo mais sobre os gostos da namorada, que muitas vezes são bem malucos.
A estória deste mangá sempre me atraiu, por eu também gostar de BL e adorar shoujo. Pensei que seria um mangá bem leve e divertido, e de fato é mesmo. Decidi lê-lo depois de ter assistido ao filme, resenhado aqui, mesmo tendo achado-no fraquinho.
 O mangá tem uma estória boa, e quem é fujoshi irá se identificar pelo menos um pouco com as loucuras da personagem, mas infelizmente mais uma vez não fui cativada. Achei a estória fraca novamente, e o começo foi meio lento porque os dois demoraram a sair.
Foi uma experiência diferente para mim, pois nunca havia lido um shoujo onde o protagonista fosse o garoto, e gostei muito do Taiga, é realmente divertido como ele tenta decifrar a Yuiko. Há muitas cenas engraçadas, mas nada que fosse memorável, para mim. Yuiko é muito sem noção, mas ainda não consegui conhecê-la de verdade.
Os traços e ilustrações são realmente lindos e delicados, e isso motiva muito. Este mangá é um bom entretenimento, é leve e tem situações inusitadas e divertidas. 
O final acabou como uma aventura qualquer, sem haver um conflito a ser terminado, então não senti aquela vontade de ler os próximos volumes.
capas dos volumes seguintes
Comparando o filme x mangá, até agora vi poucas semelhanças; parece ter sido usado apenas a mesma base e alguns elementos, como as aventuras.

Avaliação:
★ ★ ★ ☆ ☆
Este mangá não foi lançado no Brasil, no entanto você pode ler os dois primeiros volumes traduzidos aqui, ou lê-lo completo aqui em inglês. Está disponível para compra no BookDepositoy todos os volumes, em inglês, aqui.