Animes Que Abandonei

Olá! (^㉦^) Hoje venho com mais um post sobre abandonados, dessa vez os animes que comecei e não consegui terminar!

Agatha Christie no
Meitantei Poirot to Marple
Maybelle West é uma garotinha esperta, que sonha em ser detetive. Com seu pato, Oliver, ela viaja até encontrar o escritório do detetive Poirot, que desvenda de forma inteligente crimes aparentemente insolúveis. Há também, em cena, Miss Marple, tia-avó de Maybelle, que também sabe muito bem encontrar os verdadeiros culpados de crimes. Eu sempre vejo muita gente elogiando a autora Agatha Christie, a dama da literatura policial e, como sou muito fã do gênero, sempre estive curiosa para conferir suas obras. Enquanto eu não pegava algum de seus livros, decidi conferir este anime e, admito, não foi uma decisão sábia. É meu gosto pessoal que atrapalhou; tudo é muito bobinho, inocente, "livre para todos os públicos", e não é isso que eu espero em uma estória policial, afinal trata-se de crimes! Não simpatizei com os personagens e, o ponto mais negativo para mim, foi que os crimes eram revelados tipo do nada! Do nada os personagens deduziam algo e tudo era resolvido, ficando aquela sensação de que não foi nada convincente. Eu detesto acompanhar uma estória policial em que eu não me sinta envolvida, desvendando e acompanhando a investigação. São 39 episódios e acho que não vi nem 15, mas não penso em voltar a assistir. Este anime me desagradou muito. Ouço falar que a adaptação dos livros ficou fiel então, honestamente, hesito em pegar o livro que tenho aqui, E Não Sobrou Nenhum, para ler, porque tenho medo que o mistério se resolva do nada assim também. Assista aqui.

Sekai ichi Hatsukoi
Ritsu Onodera está começando a trabalhar em uma nova editora, sendo designado para a área de shoujos, mesmo não tendo tanta afinidade. Imediatamente ele não se dá bem com seu chefe, Masamune Takano, um homem sério e arrogante.Acontece que os dois têm um passado. Eu comecei a ver este anime quando eu estava iniciando em yaoi e tenho que admitir que é bem fofo mesmo, e os assuntos do passado dos personagens deixam a curiosidade. Mas eu não senti aquela vontade de continuar vendo porque é bem morno, no estilo "vida real" sem um grande conflito que segure. Além disso, o foco não é apenas Onodera e Takano, mas há outros personagens que têm suas estórias, e isso me fez estranhar, uma vez que eu já havia me acostumado aos outros. Mas é como o anterior, é mais sobre meu gosto pessoal mesmo. Quem gosta de romances fofinhos, sem grandes conflitos e vilões, pode gostar muito deste anime. A Fernanda viu e gostou muito! Confira o post dela aqui.

Natsuyuki Rendezvous
Hazuki tem uma paixão secreta pela florista Rokka. Um dia, ele decide trabalhar nesta mesma floricultura, para ficar mais perto dela. Em um dia, no entanto, quando vai à casa de Rokka, ele se depara com um homem em roupas íntimas perambulando por ali. Hazuki pensa o pior mas logo a verdade vem à tona: esse homem é um fantasma, o ex-marido de Rokka. Eu conheci este anime quando estava em uma vibe mais josei (sério, que difícil é encontrar animes de romance que não sejam colegial!) e comecei a ver, certa vez. Eu não sei se era porque eu estava em uma daquelas ressacas ou se a estória não me prendeu mesmo, mas o fato é que eu não terminei o primeiro episódio! Não senti vontade de continuar vendo. Não me senti envolvida pela estória e, também, o personagem principal, Hazuki, não me agradou com aquela cara de tédio o tempo inteiro. Assista aqui.