Psychic Detective Yakumo

Oii!! (/▽\*) Essa resenha não é tão positiva e não será conclusiva, pois trata-se de mais um anime que tinha tudo para funcionar, mas não me agradou e não consegui terminar de ver. 

Informações:
Nome:           Psychic Detective Yakumo/  Shinrei Tantei Yakumo
Gêneros:       Drama, Detetives, Sobrenatural
Ano:              2010
Episódios:     13
Sinopse: Saitou Yakumo é um jovem rapaz com um dom muito especal: ele pode ver as almas dos mortos e comunicar com eles. Quando o aluno distante não está ganhando dinheiro de seus amigos com truques de cartas, ele aceita participar de investigações em casos paranormais, que lhe chamam atenção. Fazendo uso de suas habilidades únicas, mente lógica e seus contatos dentro da polícia, Yakumo se esforça para resolver cada caso sobrenatural e levar os responsáveis à justiça. Mas então o jovem torna-se alvo de uma sinistra dupla que quer arrastá-lo ao munto da escuridão e ódio.

Depois de presenciar estranhos acontecimentos após ir com um grupo de amigos a um lugar abandonado, Ozawa Haruka, acha que seus amigos estão possuídos por espíritos. E pior: Alguns deles até se suicidaram.
Em busca de ajuda, e com medo de ser a próxima vítima, Haruka encontra Saitou Yakumo, um jovem que alega ter habilidades paranormais. Haruka descobre que de fato ele possui tais habilidades, mas apenas consegue vê-los e conversar com espíritos.
No entanto, Yakumo não está interessado em apenas ajudar, e ainda faz dinheiro com truques falsos. É então que Haruka se vê no mundo de Yakumo, um jovem diferente que possui um passado triste e que usa suas habilidades para ajudar seu amigo detetive.
Psychic Detective Yakumo tem quase tudo que eu gosto em um anime, pelo menos para prender minha atenção. Mistério, investigação e uso de lógica, sobrenatural (ás vezes) e animação bonita (eu realmente achei o Yakumo lindo *-*). Gostei de quase tudo que vi, com exceção da irritante e não-ajuda-em-nada-só-atrapalha-mas-ela-tá-ali-nem-sei-porquê Haruka.
Confesso que queria continuar vendo o anime, queria ver aonde tudo ia chegar, já que aparentemente o cara que está atrás de Yakumo é seu pai.  E queria entender mais sobre porquê sua mãe tentou lhe matar quando criança, mas senhorita Haruka a.k.a tudo que eu odeio em uma personagem não me permitiu.
O problema é que o anime é morno, ás vezes entediante. E, quando Haruka blá-blá-blá-eu-gosto-do-yakumo-mas-ele-não-me-nota tinha mais foco eu ficava apenas revirando os olhos e desejando que sei lá, alguém chegasse e fizesse ela a próxima vítima do próximo caso……. e foi quase!!
Eu tenho horror a personagens femininas preguentas, irritantes, e até tentei pensar duas vezes antes de ver por causa da capa do anime, que tem a bendita lá. Porém! Como não tinha romance nas tags ou algo do tipo,  e na sinopse não mencionava nada sobre ela, eu resolvi baixar a guarda e ir em frente. Erro meu.
Para se ter uma ideia, de tanto me irritar com a pequena yakumo-me-ignora-não-atende-minhas-ligações-e-não-me-diz-aonde-vai-vou-fazer-o-mesmo-agora-estamos-quites Haruka, eu perdi o interesse em continuar vendo. Assisti seis episódios com os olhos revirando, e de alguma forma quando Yakumo ia investigar era bom, mas quando Haruka entrava no meio, quando tinha ênfase ao ****romance**** deles, eu ficava super irritada. Mas enfim…
Achei o anime parecido com Ghost Hunt, pelo menos o formato. Sobrenatural misturado com investigação sempre é bom, quando não se tem um personagem feminino que só sabe conversar gritando e…… Mas não é tão empolgante como o GH. Pelo contrário, é bem morno e os casos eram resolvidos rapidamente. Mas até que o rendimento era bom, quando eu me dava conta já estava acabando o episódio.
Entretanto Haruka quando-você-pensa-que-não-vai-mais-encher-o-saco chan realmente me fez ficar bastante irritada. Se tivessem retirado todo esse resquício de romance ou jogado a Haruka fora (brincadeira, só colocado ela para ser um personagem aleatório de um caso aleatório) eu teria conseguido pelo menos terminar o anime todo, morno ou não.

[desistido, portanto, sem classificação]
Assista aqui (legendado em inglês)

Nenhum comentário:

Postar um comentário