Lovers Doll

Oii, esta é a terceira resenha de mangá yaoi de hoje! /(>×<)\ Agora comentarei sobre esta leitura com um tema bem diferente, mas que me agradou muito mesmo e até emocionou.

Informações:
Título:           Lovers Doll
Editora:        Magazine Be x Boy
Ano:              2008
Gênero:         Comédia, Drama, Romance, Sobrenatural, Yaoi
Autora:         Kazuhiko Mishima
Volumes:       1
Sinopse: Quando Shin ouve de seus amigos sobre um boneco conhecido como “Bloody Doll”, ele não consegue resistir em ficar curioso. Instantaneamente se apaixonando pelo boneco, ele decide compra-lo, mas há rumores sobre o boneco e como ele ganhou esse nome. Supostamente ele consegue andar e falar, e um dos seus donos anteriores ainda afirmou que ele bebeu seu sangue. Imperturbável, Shin decide comprar o boneco assim mesmo e acaba descobrindo que os rumores não são tão ridiculos como eles soam…

Depois de ficar sabendo de rumores na internet sobre uma boneco conhecida como “boneco sangrento/bloody doll”, Shin se encanta com a aparência do boneco. Apaixonando-se por ele instantaneamente, ele acaba comprando-o sem ligar para os rumores macabros envolvendo o boneco.
Porém algo inesperado acontece, o boneco parece realmente ser algo sobrenatural: ele fala e anda como uma pessoa e pode até se expandir no tamanho de um humano normal. E, inclusive, ordena que Shin o trate como realeza e que diga que o ama pelo menos cinco vezes ao dia.
Shin fica sabendo que o boneco é conhecido por “Bloody Doll” porque, aparentemente, seus donos ficam horrorizados quando o boneco anda e fala, chamando-o de monstro e até atacando-o. É por isso que ele vem sendo vendido e comprado.
Shimeji, como Shin lhe nomeou depois, percebe que Shin é bem diferente de seus outros donos. E agora ele é livre para amá-lo sem o medo de ser atacado ou vendido novamente.
Uma estória única e diferente que me cativou desde o começo da leitura, gostei da arte e principalmente do enredo. Achei super interessante essa coisa do Shimeji precisar de ouvir que Shin o ama para continuar se movendo e falando. E foi surpreendentemente emotivo quando ficamos sabendo como Shimeji sofreu antes, sem nem poder amar seu mestre, sempre sendo rejeitado e até mesmo odiado.
Foi fofo ver como Shimeji agia com Shin, mesmo chamando-o de mestre no começo, ele ainda o ordenava coisas e agia superior em tudo. Bem fofo e engraçado com uma pitada de drama! Fico torcendo por uma adaptação par anime, seria ótimo!! Ou até mesmo uma OVA, gostei tanto do enredo que eu assistiria até uma ova!!

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★
Leia aqui (traduzido para o inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário