Ajin

Oiii, pessoal!!! (ó㉨ò)ノ♡ Saindo mais uma indicação de anime, um que realmente me empolgou muito e deixou ansiosa para a próxima temporada.

Informações:
Nome:           Ajin/ AJIN: Demi-Human;
Gêneros:      Horror, Seinen, Animação CG, Violência, Sobrenatural, Ação
Ano:             2016
Episódios:    13 (2° temporada em andamento)
Sinopse: O primeiro Ajin apareceu há 17 anos e rapidamente se tornou a descoberta mais importante
para a humanidade. Enquanto eles parecem um ser humano, Ajin são raros seres imortais, que são temidos pela população. Apenas 46 são conhecidos no mundo, e a maioria tenta esconder sua existência. Kei Nagai é um menino que sonha em se tornar um médico para curar sua irmã um dia, mas depois que ele morre - e revive - em um acidente de carro, ele descobre a verdade terrível de que ele também é um Ajin. Agora, Kei encontra-se na corrida de ambos os monstros humanos e Ajin que desejam fazer-lhe mal, enquanto luta com sua nova identidade, indesejada.

Nagai Kei é um estudante normal com a meta de se tornar um médico e um ser humano bom. Logo depois que sofre um acidente onde é atropelado por um caminhão e sobrevive, ele se torna um Ajin ou demi-human, uma criatura imortal e extremamente rara, tendo-se notícia de apenas 46 em todo o mundo.
Logo Kei descobre que não poderá mais voltar para sua pacífica vida normal, quando a polícia começa a persegui-lo com o intuito de transformá-lo em uma cobaia de experimentos desumanos que nunca terminam. Agora Kei precisa fugir e se proteger não só dos humanos que querem sua cabeça, mas também de alguns Ajins terroristas que querem promover uma guerra entre humanos e Ajins.
Havia colocado esse anime na lista de quero assistir devido ao seu número de episódios, e confesso que fiquei com a sensação de ‘meh’ com o fato do anime ser em CG (computação gráfica). Porém, logo no começo me peguei super interessada na estória, que é bastante singular e diferente. Eu pelo menos nunca havia visto nada parecido. E logo comecei a pegar o ritmo e não quis parar de ver.
Claro que o anime é bem pesado, e muitas vezes fiquei meio horrorizada com o quão desumanos os humanos eram (que ironia). Torturando e usando os Ajins como se fossem algo descartável, como se não fossem humanos normais com emoções há pouco tempo.
Isso me chocou e tocou tanto que fiquei super dividida entre torcer pelos Ajins ou torcer para a polícia pegá-los, pelo menos os terroristas, que eram tão ruins quantos os humanos que os torturavam.
Também fiquei sem entender o porquê da obsessão de Tosaki por Kei, já que não me pareceu ser algo como ódio pela raça inteira, uma vez que sua ajudante era um Ajin. Espero que muita coisa seja explicada melhor na segunda temporada que já está no ar. E claro, que haja um fim a essa guerra.
Ajin é um anime curto, mas é bem intenso. Eu não tive tempo algum para piscar, sempre atenta aos acontecimentos. Gostei bastante e estou super ansiosa pelo término da segunda temporada para continuar acompanhando essa estória genial.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★

Nenhum comentário:

Postar um comentário