Ranpo Kitan: Game Of Laplace

Oii, novamente!!! o(〃^▽^〃)o Na última resenha de anime de hoje, comentarei sobre esse que traz todos os elementos que mais aprecio em um anime (inclusive um personagem super apaixonante!). Fazia tempo que não encontrava um tão bom e completo!

Informações:
Nome:          Ranpo Kitan: Game Of Laplace/ Game Of Laplace
Gêneros:      Drama, Mistério, Suspense, Horror, Vida Escolar
Ano:             2015
Episódios:    11


Sinopse: Kobayashi é um garoto que estuda numa certa escola onde um assassinato acontecem. Ele conhece o super detetive Akechi, que vem à escola investigar. Ele se interessa por Akechi e apesar das preocupações de seu amigo Hashiba, se voluntaria para ser assistente de Akechi. O que eles descobrirão?



Após ser acusado de assassinar seu professor e transformá-lo em uma assustadora cadeira humana, o aluno Kobayashi é levado para a polícia por estar no local e a arma do crime estar coberta por suas digitais.
É então que ele conhece e Kogoro Akechi, um detetive de mente brilhante e, mesmo ainda sendo tão jovem, possui uma posição de respeito entre a polícia e outros detetives especiais. Akechi propõe um jogo a Kobayashi: se ele desvendar o mistério, descobrir o verdadeiro culpado e provar sua própria inocência, Akechi permitirá que ele seja seu assistente, já que é dono de uma grande inteligência e boa dedução.
Kobayashi ainda tem a ajuda de Hashiba, seu melhor amigo, sempre cuidando dele e tentando impedi-lo de fazer coisas perigosas ou estranhas. É devido a influência da riqueza da família de Hashiba que a polícia e Akechi permitem que o garoto participe das investigações, ás vezes ajudando como pode. O trio, juntamente com os investigadores, o superintendente Kagami, e o detetive Nakamura, resolvem os mais complicados casos… quando Akechi os aceita.
Curto número de episódios, mistério e investigação na medida, casos intrigantes e principalmente animação bonita. Desde o começo fiquei curiosa sobre o anime, e logo percebi quão desenvolvido ele seria. A riqueza de detalhes, uso da lógica, a solução dos casos de uma maneira completamente inesperada e para completar.. Kogoro Akechi!
Já faz bastante tempo desde que gostei tanto de um personagem (printei ele praticamente o anime todo, sem contar os inúmeros gifs). Posso ter uma grande lista de personagens amados, mas como gostei de Akechi só me lembrou como gosto do Coronel Roy Mustang, de Fullmetal Alchemist. E não é só a aparência deles que me agradam tanto, mas sua personalidade e, no caso de Akechi, sua excentricidade.
Mas agora, falando do anime em um aspecto geral; o proposto realmente foi cumprido. Muito mistério e investigação excelente. Personagens carismáticos (..com exceção de Kobayashi, não fui muito com a cara dele desde o começo e logo depois algumas coisas que ele fazia me irritaram bastante), e humor na medida, o que é ótimo.
Entretanto, o que mais me impressionou foi como não moderaram no quesito horror. Muito sangue, personagens queridos ou inocentes morrendo, outros sendo machucados e muita, mas muita descrição de crimes e cenas de crimes. Sem contar nas cenas de violência física.
Eu gostei muito da temática do anime, e este com certeza irá para a lista dos que valem muito a pena assistir novamente. Sem contar que comecei a ver sem expectativa alguma e tudo me surpreendeu bastante, não me decepcionou ou ficou na mesmice em momento algum. Com certeza, Ranpo Kitan vai entrar, também, para a lista de “Se houver segunda temporada, com certeza verei.”

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ★