Crash - Visions # 01

Boa noite, como têm passado? ʕ•ᴥ•ʔʃ Finalmente tirei umas férias para mim e vou logo resenhando as coisas acumuladas que andei lendo e assistindo no meu tempo livre, yay!

Informações:
Título:                       Crash - Visions # 01
Gênero:                     Romance, Young Adult, Paranormal, Fantasia, Mistério
Editora:                    Simon Pulse
Ano:                          2013
Páginas:                    256
Autora:                     Lisa McMann
Sinopse: Jules lives with her family above their restaurant, which means she smells like pizza most of the time and drives their double-meatball-shaped food truck to school. It's not a recipe for popularity, but she can handle that. What she can't handle is the vision. Over and over, Jules sees a careening truck hit a building and explode... and nine body bags in the snow. She has no idea why this is happening to her or if she's going crazy. It hardly matters, because the visions are everywhere--on billboards, television screens, windows--and she’s the only one who can see them. But it's not until the vision starts coming more frequently, and revealing more clues, that Jules knows what she has to do. Because now she can see the face in one of the body bags, and it's someone she knows. Someone she's been in love with for as long as she can remember.

Jules é uma estudante e trabalha com seus dois irmãos no negócio da família, uma pizzaria. Sua vida é, basicamente, estudar, ajudar no restaurante e ganhar seu dinheiro, dirigir o caminhão de entregas. Sem grandes aventuras, sem muitas amizades nem amores. Ela costumava ser amiga de Sawyer na infância, mas acontece que ele é, por sua vez, da família da pizzaria rival.
Maybe I am insane. Maybe I really am.
As duas famílias estão em briga desde que Jules pode se lembrar e, por consequência, os dois foram obrigados a se afastarem. Cada um segue assim, fingindo que nada existiu entre eles. Acontece que Jules sempre foi - e ainda é - apaixonada por Sawyer e continua estudando na mesma escola que ele.
Entretanto, as vidas de Jules e Sawyer podem se cruzar novamente quando a garota começa a ter visões estranhas. Ela tem medo de lidar com elas, tendo em vista o histórico de doenças mentais de sua família, mas elas sempre estão lá.
Some people need a life. Incluiding me. 
Ela vê em quadros de avisos, na televisão, na internet, em qualquer lugar, a mesma imagem de uma batida, onde um caminhão pega fogo e deixa muitos mortos. Entre as vítimas está alguém que ela conhece muito bem. Resta a torturante dúvida: se trata de apenas imaginação ou mesmo algo que irá acontecer? E, no caso da segunda opção, como salvar o garoto que ama sem parecer uma maluca?
Crash é o primeiro volume de mais uma trilogia YA/Paranormal da autora Lisa McMann. Todo o livro é narrado por Jules e traz o mesmo estilo de narrativa da trilogia Wake, lida antes por mim: muitas descrições do cotidiano, deixando pouco instigante no início mesmo, mas depois ganhando aos poucos o leitor com a curiosidade do desenrolar da estória.
He hesitates and then starts walking away, and I'm cursing myself because this isn't how I want it to end.
Os elementos da obra são comuns, mas quanto mais eu lia mais me envolvia. Fui ficando curiosa para saber como Jules iria fazer para, sozinha, impedir um acidente desse tipo. A narrativa é simples e fácil de acompanhar, com os outros livros da autora, e é engraçadinho como a personagem vive fazendo listas.
I wish I could stop liking him. God! I just can't.
São poucos personagens a se conhecer; Jules é uma garota normal, sem uma personalidade marcante. Não gostei nem desgostei dela, mas torci mesmo assim para que ela conseguisse fazer o que tinha de ser feito. Sawyer conhecemos pela visão de Jules, então fica esse distanciamento do personagem. Também não despertou nada em mim, e o romance também não foi nada de mais tendo em vista que os dois já se conheciam.
É um pouco estranho torcer por um romance em que você não conhece um dos dois personagens direito. Acredito que quem espera um romance bem desenvolvido, acima da estória em si, irá se decepcionar um pouco.
The thought of telling someone what's been happening scares me to death. I imagne how they'd look at me.
A família de Jules, por outro lado, tem bastante destaque sim. Achei bem fofinha a relação da personagem com seus irmãos que são, na verdade, seus únicos amigos. Já os pais são bem chatos. Essa rivalidade e guerrinha, Romeu & Julieta com pizzas, foi bem boba, para mim, mas quase no fim do livro é feita uma revelação que eu, noveleira como sou, fiquei de boca aberta HAHA
"What's wrong?"
I just close my eyes and moan. "Everything."
Foi legal como essa aventura terminou aqui, com muita tensão nas cenas finais. Faltou explicar porquê, exatamente, Jules começou a ter essas visões, para início. Mas este foi apenas o primeiro volume e ainda deve de vir muita coisa. O último capítulo realmente instiga para o próximo, Bang, onde, creio eu, conhecerei melhor Sawyer. Estou um pouco intrigada com uma coisa e logo estarei lendo.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ ☆
Compre aqui (em inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário