RuPaul's Drag Race : All Stars 2

Boa noite! ヾ(๑╹ꇴ◠๑)ノ”  Voltei com mais uma postagem, dessa vez contando o que achei da segunda temporada All Stars, de RuPaul's Drag Race, que estive acompanhando desde o início.

Informações:
Título:               RuPaul's Drag Race : All Stars 2
Emissora:          Logo TV
Estréia:             25 de Agosto de 2016
Episódios:         9
Elenco:              RuPaul, Michelle Visage, Carson Kressley, Todrick Hall
Sinopse: Segunda temporada da edição “All Stars”, que reúne algumas das drags mais populares que não chegaram a vencer as temporadas anteriores do reality RuPaul's Drag Race! Nessa edição Adore Delano, Alaska, Alyssa Edwards, Coco Montrese, Detox, Ginger Minj, Katya, Phi Phi O’Hara, Roxxxy Andrews, e Tatianna retornarão para batalhar pela coroa e entrar para a realeza do Drag Race. Para isso, terão que impressionar RuPaul, Michelle Visage, Carson Kressley e Todrick Hall numa grande variedade de desafios, batalhas de lipsync e, claro, o Snatch Game All-Stars!

As edições All Stars de RuPaul's Drag Race trazem uma nova competição, novos desafios e tudo mais, porém com queens das temporadas passadas que tiveram destaque. Essa é a segunda temporada e eu estava muito curiosa para conferir. O elenco, quando liberado, causou controversas por ser dotado, principalmente, de participantes da quinta temporada (inclusive o temido Rolaskatox), mas também agradou muito a algumas pessoas por ter pescado outras mais antigas, como Tatianna (segunda temporada) e Phi Phi O'Hara (quarta). Como já conhecia todas as competidoras, irei contar agora minha opinião sobre cada uma antes (dentro do reality show) e como está agora, depois de vê-las novamente.
Adore Delano - Ela foi minha grande favorita de sua temporada, a sexta. Ela teve muito o que superar, por causa das áreas onde não dominava e suas inseguranças, e foi se mostrando dona de um grande talento e carisma.
Alaska Thunderfuck 5000 - Alaska é minha favorita de todas no mundo - foi por causa dela que comecei a ver o programa -, então claro que fiquei muito contente em vê-la competindo de novo e torci muito para que ela, finalmente, levasse a coroa. Afinal, ela é uma das queens mais populares que já passou no programa. Eu acompanho a Alaska então não é novidade para mim, mas ver essa temporada mostrou o quanto ela evoluiu em sua arte e em sua personagem.
Alyssa Edwards - Ela tem uma grande personalidade e os tongue-pops e semelhantes realmente grudam, não? Eu fui gostando dela mais depois de que terminei de ver sua temporada, mas aqui ela me conquistou completamente. Se mostrou realmente muito talentosa, não mais como antes onde se escorava no seu lip sync maravilhoso, mas uma artista completa.
Coco Montrese - Não gosto muito, não vejo nada de mais ainda. Pensei que trouxeram-na para trazer aquelas brigas que ninguém aguenta mais com a Alyssa, mas felizmente não foi o caso.
Detox - Outra personalidade que gosto bastante, sempre com um look impecável. Em sua temporada achei que não houve aquela garra e seriedade em se tornar a nova rainha, e gostei de vê-la bem mais focada aqui.
Ginger Minj - Eu não gostava dela durante sua temporada, a sétima, e depois que vi os Untucked então, gostei menos ainda. No programa ela foi muito falsa e usava sua "experiência" para fazer comentários bem nada a ver com a pobre Violet a.k.a vencedora MUAHAHA Aqui, também, ela não ganhou minha simpatia.
Katya - A minha favorita de sua temporada. Ela tem muito carisma também e consegue nos fazer sorrir com qualquer coisa! Na sétima temporada foi duro vê-la perdendo para si mesma, por causa de sua ansiedade, então eu estava realmente torcendo para que ela vencesse esses medos aqui. Fiquei muito feliz em ver o quanto Katya esteve melhor em sua cabeça e, novamente, fiquei com muito amor por ela.
Phi Phi O'Hara - A pobre vítima da edição cruel do programa. Outra que não ganha minha simpatia por nada, e também não vejo nada demais no que oferece. Acredito que trouxeram-na mesmo porque ela garante barracos. E, bem, é isso mesmo que ela foi fazer lá. Com muita edição, claro.
Roxxxy Andrews - Outra que não deixou uma impressão boa durante sua participação. Ela praticamente fez bullying com a Jinkx Monsoon (outra vencedora MUAHAHA), e não achava que trazia algo exatamente inovador para o programa (só barraco mesmo). Ao contrário de certas pessoas, ela sabe que manchou sua própria imagem com suas atitudes e tinha em pensamento se redimir. Bom, posso dizer que ela mudou sim a forma como todos a viam. Só não garanto que para melhor.
Tatianna - Outra queen muito popular, mas que não me traz nenhum sentimento. Aqui isso não mudou.
Essa temporada deu muito no que falar, durante cada semana, principalmente por tantas coisas novas que trouxe. Nada de duplas dessa vez, porém algo que poderia (e foi!) ser injusto mais tarde: em vez de a Ru sujar as mãos, quem iria eliminar a outra seria a queen vencedora do desafio. Duas iriam, toda semana, dublar e a vencedora escolheria quem iria sashay away (do bottom escolhido pela Ru, de piores da semana).
Como esperado, muitas eliminações injustas ocorreram, muita gente surtou por isso. Porém tem-se de levar em conta que é um programa de entretenimento. Mas que parecia novela com tantas intrigas, parecia HAHA Além disso, no final houve a retomada do estilo antigo (das primeiras temporadas) do Reunited o que, apesar do estilo simples, eu prefiro por não ser tão best friends forever. 
O que me agradou muito mesmo foram todas os desafios interessantes e totalmente criativos a cada semana. Eu adoro o formato de RuPaul's Drag Race, mas experimentar algo novo de vez em quando é realmente incrível. Me diverti de verdade e recomendo como todas as outras temporadas! Só cuidado para não levar tão a sério algumas coisas.

Assista a esta e outras temporadas aqui, legendado em português.

Nenhum comentário:

Postar um comentário