Watashi No Ookami-kun

Olá leitores, boa noite! (๑・౩・๑)Mais uma indicação de mangá saindo. Fazia tempos que eu não lia um shoujo e acabei me interessando muito por este.

Informações:
Título:           Watashi No Ookami-kun/ That Wolf-Boy Is Mine!/ 私のオオカミくん
Editora:        Aria
Ano:              2014 - 2016
Gênero:         Shoujo, Romance, Comédia, Sobrenatural, Drama
Autora:         Youko Nogiri
Volumes:       4


Sinopse: Kusonoki Komugi vive com sua mãe em Tóquio e não se dá bem com suas colegas de escola. Por causa da viagem a trabalho de sua mãe, ela tem de ficar com seu pai em Hokkaido por um ano. Ela pensa que terá a oportunidade de fazer novos amigos. Komugi se senta perto de Ookami Yuu, um garoto popular que diz que ela cheira bem. Um dia, ela descobre seu segredo...



Komugi Kusunoki teve problemas com bullying na sua escola anterior então, quando sua mãe precisa se mudar para Tóquio a trabalho, ela aceita morar com o pai em Hokkaido. Ela ingressa na escola local e logo faz algumas amigas, determinada a recomeçar.
 Entretanto, ela também atrai a atenção dos garotos bonitos e populares do colégio, principalmente Ookami Yuu que, de uma forma estranha, quando a conhece diz que ela tem um cheiro delicioso.
A verdade sobre esse garoto logo surge: ele é, na verdade, metade humano e metade lobo, e carrega cicatrizes profundas devido ao abandono de sua mãe quando criança. Seus amigos são como ele, porém não sendo humanos; Fushimi Rin, uma raposa séria que odeia os humanos, Awaji Aoshi, um guaxinim adorável e sempre faminto, Miyama Senri, o indiferente gato negro de duas caldas e, por último, Yata Kurou, o corvo de 200 anos, professor dos garotos.
Eles não conseguem, estranhamente, apagar sua memória como fazem em outros humanos. Komugi vai, então, penetrando no mundo destes seres que podem se transformar em humano quando quiserem, para usufruir das boas coisas do mundo.
Não demora muito para que ela passe a gostar de Ookami, que sempre é tão gentil, mas todos, principalmente Fushimi, que a detesta e não esconde isso, deixam claro que ela não deve se envolver com alguém metade humano e metade lobo.
Watashi No Ookami-kun tem uma arte muito linda (com destaque para os garotos tão bonitos e fofos, com suas orelhinhas e caudas de animais) e, mesmo tendo acabado de ler um outro mangá com lobo, me envolvi e gostei de lê-lo. A estória é uma gracinha, bem leve, divertida, porém traz conflitos realmente fracos e rasos, então quem procura grandes emoções pode se decepcionar um pouco.
Entretanto o mangá vai deixando a curiosidade sobre o quê Komugi tem de especial para ser imune à hipnose dos animais, além de agraciar com um triângulo amoroso, envolvendo Rin, que é mais explorado no segundo volume.
O coração é algo muito complicado, você não concorda? 
Gostei dos personagens, principalmente Yuu, Aoshi e Rin, e curti o romance apesar de não ter entendido muito bem os sentimentos de Ookami. É que Watashi No Ookami-kun é realmente raso e eu não esperava algo assim realmente.
Porém não desgostei por isso, aproveitei a estória e gostei muito de ter lido, me envolvi bem à estória e não senti que deixou a desejar em qualquer ponto, nada não finalizado. Minha parte favorita desse mangá é a relação dos garotos, que são como irmãos de coração.
O último volume é dedicado ao personagem que mais fica "por fora", Senri. Gostei bastante de tê-lo conhecido melhor, é ótimo como houve uma boa caracterização de cada personagem, cada um com uma personalidade e história distinta.

Avaliação:
★ ★ ★ ★ 
Leia aqui (traduzido para o inglês).

#Mangás