Quotes Aleatórios

Oláa, boa tarde! (〃ㅇɷㅇ〃) Eu gosto muito de separar quotes das minhas leituras e, como nem sempre eles cabem nas resenhas, resolvi copiar para cá aqueles que guardava no Kindle. E é só clicar nos títulos para ler as resenhas dos livros.
Faça Seu Pedido (Mandy Hubbard)

“a gente formaria um casal perfeito. Se ele não fizesse parte do que possivelmente já é um casal perfeito.”

“Eu desejo que todos os meus desejos de aniversário realmente se tornem realidade. Porque eles nunca se realizaram. E então apago as velas com um sopro comprido de arrebentar os pulmões. Ao mesmo tempo, sinto como se estivesse assoprando minha vida inteira para bem longe, como um monte de folhas secas.”


“Como é que estou ganhando tudo aquilo que desejei e ainda assim me sinto tão confusa e vazia?”

“Vou rever tudo na minha cabeça um milhão de vezes quando for dormir.”

“Eu desisti de tudo porque parecia mais fácil.”

Condenada (Chuck Palahniuk)

“Confie em mim, a parte de estar morta é muito mais fácil que a de morrer.”

“A vida no Inferno é como desenho animado antigo da Warner Bros., no qual as personagens são eternamente decapitadas por guilhotinas e desmembradas por explosões de dinamite, depois restauradas por completo para o próximo assalto. É um sistema que não deixa de trazer conforto e monotonia.”

Lonely Hearts Club (Elizabeth Eulberg) 

“Por que garotos mudam. Eles mentem. Eles esmigalham seu coração.”

“Qualquer um que já tenha se agarrado a uma música como a um bote salva- vidas vai entender.”

“Eu só... Estou cansada de tudo isso. Olhe para nós, as duas aos prantos, e por quê? Porque decidimos confiar em um garoto. Grande erro. Na verdade, eu criei um pequeno clube. — Um clube? — Diane se inclinou para a frente. — Que clube? Quem faz parte? — Eu, eu e eu mesma. O Lonely Hearts Club. Aposto que você me acha ridícula, né?”

“Eu mereço alguém muito melhor que você. Sempre mereci. Então acho que devia agradecer a você por ter sido um total e completo babaca, porque assim eu acordei e enxerguei o meu valor.”

O Cemitério (Stephen King)

“Como médico, ele sabia que a morte, exceto talvez a morte durante o parto, era a coisa mais natural do mundo.”

“Louis Creed não era psiquiatra, mas sabia que na vida de qualquer pessoa existem coisas enferrujadas, mas não de todo enterradas. Sabia que as pessoas parecem compelidas a voltar a essas coisas, a trazê-las à tona, por mais que elas firam.”

Male Temp: Ice Cream Man (Gay Male, Straight First Time Gay) (Jackie McNab)

“And it made his body feel like it was melting.”


She Kills: Titan's Song  #1 (Jacob Stanley)

“Then she focused on the music, tried to let it transport her, tried to ignore what she felt.”

Lembre-se de Mim (Romily Bernard)

“Ele olha para mim como se eu fosse perfeita. O que vai acontecer se isso acabar?”

“Ele olha para você como se você fosse a única garota do mundo. Como se você fosse a razão de ele existir.”

“— Você acaba comigo, sabia? Não consigo respirar quando você sorri.”

“Jesus, o que eu fiz? Como me meti numa história dessas? Pare. Melhor se perguntar: O que eu vou fazer para sair disso? Não tenho uma resposta para isso.”

“É um talento que a maioria de nós tem: dizer a nós mesmos que somos pessoas boas, quando na verdade não somos.”

“É o medo. Nós dois sabemos o que é esconder as próprias feridas.”

“Estou cansada de ser boa para outras pessoas. Quero ser boa para mim.”

“Sim, o tempo cura todas as feridas, mas deixa uma cicatriz que se torna a nova face da dor.”

“Os olhos dele se levantam na direção dos meus e alguma coisa dentro de mim cai de lado… e se quebra.”

“Não lembro mais de quem eu sou, de quem eu deveria ser.”

Objetos Cortantes (Gillian Flynn)

“Algumas vezes minhas cicatrizes pensam sozinhas.”

“Todo mundo tem um momento em que a vida sai dos trilhos.”

“— Ah, tudo bem — disse, e começou a dar tapinhas com a mão direita. Se consolando. Senti pena dele de novo. — Não sei se algo voltará a ser bom um dia novamente, então é difícil avaliar se está melhor ou pior, entende o que quero dizer? — Algo como: este lugar é horrível e eu quero morrer, mas não consigo pensar em nenhum outro lugar onde gostaria de estar — sugeri.”

“As pessoas ficam fascinadas ao ver seus nomes impressos. Prova de existência. Eu podia imaginar um bando de fantasmas revirando pilhas de jornais. Apontando para um nome na página. Está vendo, eu estou aí. Eu lhe disse que vivi. Eu lhe disse que fui alguém.”


Garota Infernal (Diablo Cody e Nica Xita)

“Eu não era assim maluca, juro.”

“Mas, quando você é a única pessoa sã, talvez seja a louca.”

“Algumas vezes, porém, mudar pode ser algo bom. Pode ensinar algo novo sobre você mesmo.”


Perfeitas - Pretty Little Liars - Vol 3 (Sara Shepard)

“Bem, é incrível o que a gente não enxerga. Mesmo o que está bem diante dos nossos olhos.”

“Talvez não seja realmente possível mudar quem você é.”

“Estava sempre consumida por fazer a coisa certa o tempo todo — usar a roupa perfeita, escolher o toque de celular perfeito, manter seu corpo na forma perfeita, ter a melhor amiga perfeita e o namorado perfeito — mas de que servia toda essa perfeição?”

Inacreditáveis - Pretty Little Liars - Vol 4 (Sara Shepard)

“(...) mas o fato é que ser perfeita não significava nada se não fosse verdade.”

“Você já desejou poder voltar no tempo e desfazer seus erros?”

Helena (Machado de Assis)

“As dores alheias fazem lembrar as próprias”

“Valem muito os bens da fortuna, dizia Estácio; eles dão a maior felicidade da terra, que é a independência absoluta. Nunca experimentei a necessidade; mas imagino que o pior que há nela não é a privação de alguns apetites ou desejos, de sua natureza transitórios, mas sim essa escravidão moral que submete o homem aos outros homens.”

“Sobretudo, peço-lhe que escreva em seu espírito esta verdade: é que sou uma pobre alma lançada num turbilhão.”

“O poeta que disse que a saudade é um pungir delicioso, não consultou meu coração.”

Série The Lying Game 05 - Juro Pela Minha Vida (Sara Shepard)

“— Eu estava com tanto medo de te quebrar. Eu quebro tudo o que toco. — Ela voltou a usar a voz cantarolada, a voz de canção de ninar. — Mas eu acho que é tarde demais. Você já está quebrada.”

“Foi apenas um sonho, ela repetia para si mesma. Mas não eram os cientistas que sempre diziam que os sonhos revelavam verdades que a pessoa acordada não conseguia enfrentar?”

“Esses tipos de sentimentos... eles não desaparecem facilmente. Talvez nunca desapareçam.”

“Mas algumas pessoas são danificadas no interior, não importa como suas vidas sejam.”

Série The Lying Game 05 - Sete Minutos No Paraíso (Sara Shepard)

“Mas talvez fosse por causa de suas perdas, por causa de seu terror, que as escolhas mais simples se tornavam complicadas em sua mente agitada.”

“Eu estou fazendo a coisa certa, ela disse para si mesma.”

“O menino doce que me trouxe lírios do vale no nosso primeiro encontro, que me enviou dezenas de listas cheias de canções que o faziam pensar em mim, que segurou a minha mão tão inocentemente quando eles fizeram uma caminhada lado a lado — esse menino tinha desaparecido. Alguma vez ele ao menos existiu?”

“Tantas famílias infelizes, ela pensou com tristeza.”

“Eu sinto que posso confiar cegamente nele. Quando ele coloca o braço em volta do meu ombro, eu me sinto segura pela primeira vez durante toda a noite.”

“Era como um pesadelo, exceto que em um pesadelo, você poderia acordar.”

A Resposta (Kathryn Stockett)

“Tou assustada, mas não consigo deixar de revirar os olhos. Aposto que a dona Leefolt não faz nem ideia que é sobre ela. Quero dizer, graças a Deus, mas ainda assim. Ela provavelmente tava balançando a cabeça, reprovadora, na cama ontem à noite, lendo sobre essa mulher terrível que não sabe amar a própria filha.”

A Hora da Estrela (Clarice Lispector)

“Ela somente vive, inspirando e expirando, inspirando e expirando. Na verdade – para que mais que isso?”

Claro Enigma (Carlos Drummond de Andrade)

“e não tenho outro amor a não ser o dos doidos.”

Morte e vida severina (João Cabral de Melo Neto)

“Deseja mesmo saber      o que eu fazia por lá?      comer quando havia o quê      e, havendo ou não, trabalhar.”

Perversas - Pretty Little Liars - Vol 5 (Sara Shepard)

“É porque... todos temos esses sentimentos que nos fazem dizer "onde eu me encaixo?"”

“Todos os seus sonhos se tornarão realidade, dizia o anúncio. Era melhor que se tornassem mesmo.”

Destruidoras - Pretty Little Liars - Vol 6 (Sara Shepard)

“E às vezes estamos fadados a repetir as coisas que esquecemos.”

Crash (Visions (Simon Pulse)) (Lisa McMann)

“Some people need a life. Including me.”

“Five reasons why I love a guy who won’t talk to me:”

“I wish I could stop liking him. God! I just can’t.”

“The thought of telling someone what’s been happening scares me to death. I imagine how they’d look at me.”

“What’s wrong?” I just close my eyes and moan. “Everything.”

“He hesitates and then starts walking away, and I’m cursing myself because this isn’t how I want it to end.”

“Maybe I am insane. Maybe I really am.”

“I die a little. No, a lot.”

Menina Má (William March)

“Por fim, ela caiu no sono e teve um sonho perturbador, mas que foi incapaz de se lembrar depois.”

“Sua mente se recusava a aceitar as implicações dessa descoberta; parecia algo que ela lera em um livro, uma informação sem valor nem relevância prática;”

“De repente, porém, ela teve uma sensação de aborrecida familiaridade, de quem já pensou muito sobre o assunto antes, sem chegar a lugar nenhum, e sabia muito bem que também não chegaria a lugar nenhum dessa vez. E voltou a sentir pena de si mesma.”

“Talvez suas preocupações tivessem fundamento, talvez não. Mas como ela poderia saber? Como poderia ter certeza absoluta? A dúvida era uma força terrível e destruidora, pensou ela. Seria melhor ter certeza, não importava qual fosse a resposta.”

Lugares Escuros (Gillian Flynn)

“Estávamos em março, um mês deprimente e torrencial, e deitei-me na cama a pensar em matar-me, um dos meus passatempos prediletos.”

“O que era um pensamento horrível, como é óbvio. Mas pelo menos eu tinha noção disso.”

“aquela sensação de que, se desejasse uma coisa com muita força, ela tinha obrigação de acontecer. Tinha obrigação.”

“Rotulei as recordações como se fossem uma região particularmente perigosa: Lugar Escuro.”

“Partia do princípio de que tudo de mau no mundo podia acontecer, porque tudo o que havia de mau no mundo já tinha acontecido.”

“Debby, que queria desesperadamente que tudo fosse bonito.”

“expressões e letras de músicas estavam constantemente a colar-se-lhe ao cérebro pegajoso.”

“Achei toda aquela esperança urgente mais assustadora do que se tivesse encontrado uma pilha de crânios com cabelo ainda agarrado ao osso.”

“Diane, uma mulher de ação. Não se devia abandonar nenhuma tarefa a meio, nem por causa do tempo, nem da preguiça, nem de uma orelha a latejar, gelo derretido e uma irmã mais nova assustadiça.”

“Havia qualquer coisa nele que inspirava dó e medo.”

“Estar com ela mudara-o, ele sentia-se mais presente.”

“Tomei nota mentalmente para tirar uma fotografia bonita e sorridente de mim própria, na eventualidade de um dia eu desaparecer.”

“Era surpreendente a maneira como uma pessoa podia passar horas a meio da noite a fingir que estava tudo bem e, em trinta segundos de luz diurna, tomar consciência de que isso pura e simplesmente não era verdade.”

“Mas eu era assim: tinha conversas ferozes e defensivas dentro da minha cabeça, irritava-me com coisas que ainda nem sequer tinham acontecido. Ainda.”

“Senti qualquer coisa soltar-se dentro de mim, qualquer coisa que não se devia ter soltado. Um ponto que se desfez.”

“Tinha tido um sonho desgraçado, um daqueles em que uma pessoa está constantemente a dizer a si própria que não significa nada, que não devia incomodar, porque é só um sonho, não passa de um sonho.”

“Só me lembro de pensar que estava a meio de um acontecimento que nunca haveria de superar. E não superei.”

“Ele encolheu os ombros. — Claro. Uma pessoa tem de acreditar em alguma coisa, certo? Toda a gente acredita em alguma coisa. Eu não, pensei.”

“É claro que não era. Toda a gente tem um segredo que está mortinho por revelar.”

“Perguntei-me se seria possível remediar alguma coisa, se seria possível alguém sarar ou pelo menos ser reconfortado.”

I Have the Right to Destroy Myself (Young-ha Kim)

“Novels are food for the leftover hours of life, the in-between times, the moments of waiting.”

“People unconsciously want to reveal their inner urges. They are waiting for someone like me.”

“There are only two ways to be a god: through creation or murder.”

“I want to disappear because I love. —Yu Ha, "Looking at a Warbler's Nest"”

“I see. It's funny, the truth makes people uncomfortable, but a lie gets people excited. Isn't that right?”

“But no matter how you die, the world always stays the same.”

“Sometimes fiction is more easily understood than true events.”

"But that's a dumb question. Nobody thinks he lives in an amazing place," she countered. She was right.”

“Are humans that much better than mannequins? Why do cartoon monsters and cyborgs want so badly to become human?”

"I guess we're both fugitives," I commiserated. "What are you running from?" "I'm not in such a desperate situation as you. I always run from myself.”

“He was free from the compulsion to be productive.”

“When he turned thirty, he had realized that the ability to love another is a skill.”

"Nobody can save anyone," I replied.”

“Why does nothing change, even when you set out for a faraway place?”

Caixa de pássaros (Josh Malerman)

“Malorie olha para as cortinas. Começa a chorar. Quer gritar com alguém. Quer implorar a qualquer pessoa que possa ouvir. Isso não é justo, diria. É cruel.”

“Naquele instante, ela sente que o mundo inteiro está morto.”

“Como pode esperar que seus filhos sonhem em chegar às estrelas se não podem erguer a cabeça e olhar para elas?”

“Chora por razões demais para explicar.”

“E, sempre que achava que pararia de chorar, ela recomeçava.”

“Como se pedaços dela mesma caíssem e afundassem sob a pressão insuportável do que está por vir.”

“O mundo exterior soa como ela se sente por dentro. Tempestuoso. Ameaçador. Abominável.”

Impiedosas - Pretty Little Liars - Vol 7 (Sara Shepard)

“Mas de certo modo, Hanna estava indignada que não era. Depois de todos esses anos ainda tinha um desejo ardente de que Ali visse como Hanna havia mudado. A última vez que Hanna viu Ali, Hanna era uma patinha feia gorda, definitivamente a mais babaca do grupo e Ali sempre havia feito incontáveis comentários sobre o peso de Hanna, seu cabelo muito crespo e sua pele feia. Provavelmente ela nunca havia suspeitado que Hanna se transformaria em um cisne fino, requintado e popular. Às vezes, Hanna se perguntava se a única maneira que ela estava verdadeiramente segura de que sua transformação estaria completa era se Ali tivesse dado sua benção. Supostamente, isso nunca poderia ocorrer.”

“As duas trocaram um olhar presumido conhecedor que só as meninas bonitas e populares entendiam.”

“Talvez as filhas não eram o problema, talvez os pais que eram.”

“— A gente sempre parece tão perfeita na superfície — adicionou — Mas... não é sempre o caso. Todo mundo esconde coisas.”

“Ou talvez todas essas coisas que você perdeu à primeira vista, significam muito mais do que você jamais poderia imaginar.”

Perigosas - Pretty Little Liars - Vol 8 (Sara Shepard)

“Talvez se ela repetisse o suficiente, ela realmente começasse a acreditar.”

“Ela não tinha ganhado de volta instantaneamente o peso que ela tinha perdido. Ela não tinha acordado e encontrado seus dentes amarelados e tortos. Na verdade, ela tinha perdido dois quilos, não tendo a compulsão aflita sempre que outra garota roubava um pouco do seu poder. Sua pele e seu cabelo brilhavam.”

“No final, Spencer percebeu o que estava acontecendo. Eles estavam sendo... normais.”

Coração Envenenado (S. B. Hayes)

“— Ele me olhou de um jeito incrível. Como se eu fosse a única pessoa que existisse no mundo.”

“Então era essa a sensação de ser uma daquelas garotas radiantes, que têm o mundo a seus pés, daquele tipo que conta com a felicidade em vez de ficar o tempo todo se desculpando por ocupar espaço no universo.”

“— Desculpe — resmunguei. — Não sei o que está acontecendo comigo. — Olhei para o chão. — Não sei se... se estou preparada para algo... forte.
— Forte? — Merlin passou a mão nos cabelos e soprou o ar devagar. — Katy, já estou envolvido demais... Se você quer apenas ir ao cinema uma vez por mês e andar por aí de mãos dadas, não sei dizer se consigo.”

“Parte de mim estava receosa de que aquela depressão fosse genética e de que eu acabasse enxergando o mundo através dos olhos de minha mãe.”

“— Mas você vai me amar para sempre?
— Claro que vou — respondi na mesma hora.”

“Cada mínimo e terrível detalhe do dia anterior retornou à minha memória no instante em que acordei.”

“— Katy — suspirou. — Sempre achamos que é amor de verdade quando temos 16 anos...”

“Era maravilhoso me sentir bem comigo mesma.”

“Ele sorriu melancólico, o que me fez prender a respiração, pois parecia atraente demais e cheio de saudade. Lembrava um daqueles filmes em preto e branco, no qual o herói e a mocinha são forçados a se separar para sempre e ficam observando um ao outro por trás de lágrimas contidas já que precisam ser corajosos para enfrentar a situação, e a cena é de uma severidade dilacerante enquanto um trem, lúgubre, se afasta da estação e começa a tocar uma música triste.”

“— Essa história sempre me perseguiu — choramingou. — É impossível fugir do passado, não importa o quanto se tente.”

“— Não sei o que eu quero para a minha vida — foi minha resposta. — Alguém da nossa idade sabe?”

“— E alguém é o que parece ser, Katy? Todos usamos máscaras para os outros, porque achamos que, se enxergassem quem somos de verdade, não gostariam de nós.”

Viva para Contar (Lisa Gardner)

“Será que imaginavam, naquela tarde ensolarada, que nenhum dos seus sonhos se tornaria realidade?”

“É meio parecido com uma contagem regressiva, exceto pelo fato de que você nunca chega perto do fim. Cada dia é tão ruim quanto o anterior. Você simplesmente começa a aceitar que a vida é assim mesmo, ruim de uma forma geral.”

“Quando uma pessoa abre mão de algumas partes de si mesma, nunca mais consegue recuperá-las.”

“Continuar a viver a vida. Essa é a tarefa do único sobrevivente.”

“Em que momento eu havia falhado? Se pudesse simplesmente identificar o momento e depois voltar no tempo...”

“Mais uma vez, sentiu-se frustrada. Dividida entre a vida que tinha e aquela que gostaria de ter. Ou, mais exatamente, dividida entre a pessoa que era e aquela que gostaria de ser.”

“Além disso, depois de todos esses anos, eu continuava a sentir raiva.”

“- Então sinta a dor. Ninguém nunca disse que uma família não causa dor em seus membros.”

“É nesse momento que finalmente me dou conta. Uma sensação indistinta a princípio, mas que lentamente vai se tornando mais palpável. Não quero viver assim. Não quero ser esta pessoa. Não quero este tipo de vida. Preciso de uma nova maneira de viver, uma nova atitude. Preciso agir, mesmo que isso me mate. Deus sabe que já estou morrendo por dentro.”


Dente por Dente (Jenny Han)

“Aposto que não pareço tão culpada quanto me sinto.”

“— Ela toca o peito. — Quase nunca penso nos meus sentimentos. Sabe por quê? Porque se eu deitasse e chorasse por causa de cada coisa ruim que já aconteceu comigo, nunca me levantaria da cama. — Seus olhos encontram os meus, e ela me olha profundamente. — Juro a você. As coisas vão melhorar. Você só precisa superar essa parte.”