Hanshin, Dissolving Beauty, Bakemono Recchan

ʕ灬→ᴥ←灬ʔ Estes são alguns mangás one-shot que li alguns dias atrás, todos voltados para a tag horror, porém de formas diferentes.

Hanshin - Yudy e Yucy são irmãs gêmeas siamesas, com corpos incapazes de sobreviver se separados. As duas, apesar de ligadas por vários órgãos, não poderiam ser mais diferentes. Yucy é bela e encantadora, mas não consegue falar, andar, se alimentar ou fazer qualquer coisa por conta própria. Yudy, por sua vez, é inteligente e avançada por sua idade, porém é muito feia uma vez que o corpo da irmã rouba seus nutrientes. Ela tem, então, de viver assim, convivendo com sua irmã que é um peso, enquanto precisa aguentar todos tratando Yucy bem, por sua aparência. Esse mangá tem uma temática bem obscura e me causou várias emoções. Logo senti pena de Yudy, por viver assim de forma tão injusta, mas também não sei se faria o que ela fez para se libertar disso. Apesar de tudo, como ela mesma descobre, Yudy ainda era sua irmã e, literalmente, parte dela. Mesmo assim, consigo entendê-la e não posso me imaginar levando uma vida como a dela, é de enlouquecer. Me impressionou, também, essa crítica de que a beleza vale infintas vezes mais que qualquer coisa, na sociedade contemporânea. Essa estória vale cinco estrelas por te tirar da sua zona de conforto e trazer essas várias reflexões. Baixe aqui (traduzido para o inglês).

Dissolving Beauty - Acho que é parte do mangá Youkai Kyoushitsu, já que traz o mesmo personagem principal, porém só agora encontrei essa one-shot. Nao está indo encontrar uma antiga colega, depois de muitos anos. Entretanto, ao chegar no local ela se depara com uma mulher totalmente diferente, com o rosto deformado. Segue a mesma linha da primeira estória, trazendo arrepios. Tenho certeza de que, quando você ouvir alguém dizendo que você é bonita irá se lembrar desse mangá HAHA Baixe aqui (traduzido para o inglês).

Bakemono Recchan - Esse mangá gira em torno de Recchan, uma estudante popular por ter um rosto de monstro. Todos a acham fofa e estão sempre mimando-na, mas isso desperta a irritação de uma colega. Foi impossível de parar de ler por ser tão estranho que, em vez de ser indesejada como era de se esperar, a garota é idolatrada apesar de sua aparência. Então surge a personagem que desgosta dessa atitude dos companheiros de classe, com um ponto realmente interessante a se pensar. Me lembrou aquela citação, se não me engano de O Retrato de Dorian Grey, que diz que, mesmo quando você faz o bem para os outros, na verdade você está pensando em si mesmo, em como isso lhe fará parecer. Leia aqui (traduzido para o inglês).